18 de Dezembro de 2017
17º/30º
NOTÍCIAS » MUNDO

Mortalidade materna reduz 44% em 25 anos

Levantamento das Nações Unidas e do Banco Mundial, publicado na revista médica britânica The Lancet, indicou que, neste ano, 303 mil mulheres morreram em consequência de complicações da gravidez ou até seis semanas depois do parto. Em 1990, foram 532 mil casos desta natureza.

Seguindo o comparativo, a média caiu de 385 para 216 mortes maternas por 100 mil nascidos-vivos.

Mesmo com o enorme progresso, segundo o Departamento de Saúde Reprodutiva e Investigação da Organização Mundial da Saúde, apenas nove países, incluindo Cabo Verde e Timor Leste, alcançaram os objetivos fixados pela ONU.

A região da África Subsaariana, localiza ao sul do Deserto do Saara, é responsável por duas em cada três mortes em todo o mundo.

A Organização alertou ainda que o avanço é desigual entre os países e que 99% das mortes ocorreram nas nações em desenvolvimento.


radio2
+ VEJA TAMBÉM