20 de Setembro de 2017
17º/30º
NOTÍCIAS » MUNDO
01/04/2016

Pelé processa Samsung por garoto propaganda parecido com ele

Segundo ele, o ato é inapropriado, uma vez que ele não deu permissão para veicularem alguém parecido

Pelé está processando a Samsung em Chicago, nos Estados Unidos, por uso indevido de imagem em uma campanha da marca. O detalhe é que ele não está no anúncio e a justificativa da ação judicial é que o garoto-propaganda "lembra bastante" o ex-jogador. Segundo ele, o ato é inapropriado, uma vez que ele não deu permissão para veicularem alguém parecido.

A publicidade, que promove a linha de TVs UHD com resulação 4K da marca, foi veiculada no jornal The New York Times com a legenda "Mais cor. Mais admiração". A queixa diz ainda que a campanha tem a foto de um jogador de futebol realizando um chute de bicicleta, que foi "aperfeiçoado e notoriamente usado por Pelé", ou seja, todos esses elementos fazem com que o leitor supostamente se lembre do astro.

Como justificativa, a Pele IP Ownership LLC, que controla a marca Pelé e os direitos de imagem do ex-jogador, diz que grande parte da renda dele vem de propagandas e o anúncio irá afetar "o valor dos direitos de imagem do ex-atleta e confundir consumidores que podem acreditar que ele endossa produtos da Samsung". A empresa pediu indenização de US$ 30 milhões, o equivalente a 108 milhões de reais.

Como pode ser percebido, a semelhança do garoto-propaganda com o ex-jogador é duvidosa, mas a situação se agrava por conta de uma negociação feita entre a Samsung e Pelé em 2013, quando a empresa sul-coreana desistiu do acordo de última hora. Portanto, os advogados da marca terão que provar que esse anúncio não foi uma revanche pelo quase-acordo de 3 anos atrás.

O advogado de Pelé, Frederick Sperling, disse à Fortune que o objetivo é obter uma "compensação justa para o uso não autorizado da identidade de Pelé, além de prever futuros usos inapropriados". Ele também já representou Michael Jordan, que ganhou US$ 8,9 milhões em indenização contra um supermercado por uma premissa parecida. O astro do basquete doou o dinheiro para instituições de caridade.

Pelé, que é o 10º atleta aposentado mais bem pago do mundo, já tem 75 anos e está fora dos campos desde 1977, há quase 40 anos. Segundo a Bloomberg, o ex-jogador faturou US$ 25 milhões com propagandas para o Subway, Volkswagen, Santander, e P&G durante a Copa do Mundo de 2014.



bonde.com.br
+ VEJA TAMBÉM