SAÚDE

10/01/2017 -- 17:19

Saúde de Assis inicia processo de licitação para novos aparelhos e medicamentos

Há várias demandas emergenciais a serem corrigidas

Facebook
Twitter
Google +
Whatsapp
Surgerir Pauta
Comunicar Erro

A Secretaria Municipal da Saúde de Assis, após balanço realizado em seus departamentos, constatou, recentemente, várias demandas a serem corrigidas e que são consideradas de caráter emergencial para o Município, das quais a falta de medicação nas Unidades Básicas de Saúde e a compra de novos aparelhos estão entre as prioridades momentâneas.

O secretário responsável, Fabiano Morelli, destaca que, nesse inicio de gestão, a maior preocupação é saber quais são as situações emergenciais e posteriormente, a correção das mesmas. "Identificamos um estoque praticamente zerado de medicamentos nas Unidades Básicas, o que gera transtorno aos usuários que dependem, diariamente, dos respectivos remédios. A saúde pública não pode parar e a situação da falta de remédios é inadmissível, já que quando se trata de pessoas precisamos dar toda a atenção", afirma.

Morelli aponta ainda outra demanda que está prejudicando o usuário, que é a demora na realização de exames, pois há pacientes que aguardam meses para a liberação dos mesmos e para agilizar essa questão novos aparelhos serão adquiridos, dentre eles ultrassonografia, endoscopia e oftalmologia. Tanto os medicamentos quanto os aparelhos já estão em processo licitatório.

O secretário salienta que quando o assunto é saúde a população não pode aguardar meses para o atendimento, seja para uma consulta ou realização de exames. "Para o agendamento de consultas, futuramente a intenção é planejar um projeto piloto sistematizado, que garantirá que o usuário agende sua consulta sem sair de sua casa. Quanto aos exames, com a aquisição de novos aparelhos, buscaremos atender, inclusive, a demanda reprimida de pacientes que estão na fila de espera aguardando seus exames", comenta.



Assessoria PMA
Leia também!
TRATAMENTO DE CÂNCER
Credenciamento de Hospital do Câncer em Ourinhos pode implicar em descredenciamento de tratamento de câncer em Assis
Direção do Hospital Regional, prefeito de Assis e prefeitos do CIVAP se reúnem para tentar reverter quadro
CONFIRMADO
Saúde confirma primeiro caso de zika em Marília em 2017
Doença foi constatada em criança de um ano, moradora na área Leste. Ações de bloqueio do vetor estão sendo realizadas.
SUSPEITA
Moradores temem que macaco encontrado morto tenha como causa a Febre Amarela5
A suspeita de Febre Amarela não poderá ser comprovado por falta de material para análise
FIM DA GREVE
Greve da Santa Casa de Assis chega ao fim6
Jornada de 12 horas por 36 volta a ser respeitada
PRESERVE-SE
Gipa inicia Operação Carnaval
A Operação está distribuindo preservativos femininos e masculinos em diferentes locais
AMBULATÓRIO
AME ASSIS PROMOVE REUNIÃO COM MUNICÍPIOS DE REFERENCIA
O evento visou apresentar os serviços do Ambulatório aos novos secretários municipais de saúde e responsáveis pelo agendamento nos municípios
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2017
Google Twitter Whatsapp Facebook