LOCAL

11/01/2017 -- 15:49

Homem é preso após agredir a esposa com cabo de vassoura

Casos de violência doméstica contra a mulher têm sido registrados com frequência

Facebook
Twitter
Google +
Whatsapp
Surgerir Pauta
Comunicar Erro

Um crime que tem se tornado rotineiro em Assis foi registrado pela Polícia Militar às 21h de terça-feira, 10, e encaminhado à Polícia Civil em seguida: mulher de 35 anos foi agredida pelo companheiro de 40 anos. O caso aconteceu no Parque Universitário e o acusado ficou preso na Cadeia de Lutécia.

Segundo relatos, o funileiro agrediu a doméstica com um pedaço de cabo de vassoura nas costas e ainda fez graves ameaças de morte. Quando a PM chegou na casa, ele confirmou as agressões e, mesmo na presença dos policiais, ameaçou: "eu vou sair hoje ainda da cadeia e quando voltar, vou te pegar".

Outra mulher, com 49 anos, esteve em seguida no Plantão Policial e se queixou do ex-companheiro, de 47 anos, de quem está separada desde o fim de 2015. Alega que há mais de um ano vem sendo perturbada em casa, no Bairro Assis II, e no local de trabalho, em Cândido Mota.

Na terça-feira à noite, diante da negativa de reconciliação amorosa, ele arremessou uma pedra no vidro do veículo da Vítima, um Chevrolet Corsa, guardado na garagem da casa, causando danos.



Redação AssisCity/Foto Arquivo
Leia também!
FALECIMENTO
Mecânico, morador da Vila Adileta, morre de infarto8
Amigos e familiares lamentam a morte
PROGRAMAÇÃO
Neste final de semana tem feira livre em Assis
As feiras serão das 7h às 12h30
ANÚNCIO
Prefeito entrega diretrizes para construção das 239 casas da APRUMAR11
Sorteio será em 60 dias
RELEVANTE
Câmara de Assis presta homenagem ao policiamento rodoviário
Foram homenageados diversos policiais que se destacaram no exercício das atividades em defesa da causa pública
SOLIDARIEDADE
Iniciativa de Geladeira Solidária ajuda famílias e pessoas carentes, em Assis4
Lucinéia Furlan viu a ideia na internet e quis trazer para Assis
CONDIÇÕES DE TRABALHO
Sindicato dos Bancários cobra solução de problemas no Santander
De acordo com o presidente do Sindicato, Helio Paiva Matos, existem inúmeras reclamações contra o banco desde que reduziu o número de funcionários
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2017
Google Twitter Whatsapp Facebook