COMPORTAMENTO

14/02/2017 -- 19:00

Mãe "morre" na sala de pré-parto, dá à luz e é ressuscitada depois

O diagnóstico foi de pré-eclampsia grave. A equipe médica teve que agir rapidamente para salvar o bebê e trazer a mãe de volta à vida

Facebook
Twitter
Google +
Whatsapp
Surgerir Pauta
Comunicar Erro

Já imaginou dar à luz e nascer ao mesmo tempo? Para entender, é preciso conhecer a história de Michele Santiago, de Pernambuco. No dia 6 de janeiro, ela teve uma parada cardíaca quando estava prestes a parir.

Para salvar a criança e a mãe, a equipe médica realizou o parto sem que a mulher apresentasse sinais vitais, algo que acontece em um para cada 30 mil nascimentos. De acordo com o G1, Michele ficou 10 minutos sem dar qualquer indício de vida. A jovem lembrou dos momentos anteriores, quando sua pressão chegou a 16 por 10.

"Comecei a sentir um ‘queimor’ em cima de mim e minha respiração faltando. Eu gritava que estava com falta de ar. Foi quando veio uma agonia. Eu virei para o lado e vomitei. Apaguei. Aí eu não lembro de mais nada", conta.
O diagnóstico foi de pré-eclampsia grave. O obstetra Gláucius Nascimento, da equipe responsável pelo parto, afirmou que a decisão tinha que ser rápida para que eles pudessem salvar o bebê e ressuscitar a mãe.

"Em geral, esse procedimento é realizado numa situação de guerra, com o que tiver, pega-se bisturi e opera do jeito que der. O hospital parou. De repente eu me vi numa sala de pré-parto com tudo que eu precisava pra operar. Fizemos a cesariana de urgência. Tiramos o bebê em situação de morte aparente, mas logo no primeiro minuto ele já respondeu a uma ventilação por oxigênio, e no quinto minuto já tinha se recuperado. Eu escutei o choro do bebê. Naquele momento a equipe se contagiou de alegria", explicou.

Após cuidar de Maisa, os médicos notaram que Michele ainda tinha ritmo cardíaco e fizeram o procedimento que fez com que ela voltasse à vida, chamado de cardioversão ou choque. "Quando os médicos fizeram o choque, ela retornou para o ritmo cardíaco regular", frisou Gláucius. Maisa e Michele agora compartilham da mesma data de nascimento. E muito desejo de viver.



Metrópoles
Leia também!
FELICIDADE
Desenvolva uma estratégia para sua vida
É importante criar uma visão geral da vida, descobrindo qual é o grande sonho
PAPÁ NO PRATO
Depois da paçoca, Anvisa proíbe papinha para bebês
AFETO
Os benefícios de dedicar mais tempo aos filhos
Pesquisa realizada em Israel aponta que os pais só disponibilizam 14 minutos e meio para suas crianças
MAIS VENDIDOS
Best-seller Os 13 Porquês vira série da NETFLIX e ganha nova sobrecapa
Livro de Jay Asher está entre os mais vendidos há duas semanas e estreia como série na NETFLIX em 31 de março com produção de Selena Gomez
PREVENÇÃO
Biólogo explica como se prevenir e tratar a esporotricose4
Com o tempo, podem também se transformar em feridas
TESTE DA ORELHINHA
Teste da orelhinha: diagnóstico permite que bebês com deficiência auditiva desenvolvam a comunicação precocemente
Desde agosto de 2010, a Triagem Auditiva Neonatal passou a ser obrigatória em todas as maternidades
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2017
Google Twitter Whatsapp Facebook