REGIÃO

20/04/2017 -- 15:00

Polícia Ambiental surpreende pescadores em local proibido, em Palmital

Foram elaborados cinco Autos de Infração Ambiental

Facebook
Twitter
Google +
Whatsapp
Surgerir Pauta
Comunicar Erro

Neste final de semana, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados na Base Operacional de Ourinhos, por mais de uma vez flagraram indivíduos pescando em local proibido às margens da jusante, trecho que compreende menos de 1000 metros do reservatório da hidroelétrica UHE Canos II, no município de Palmital.

Diante dos fatos, os policiais elaboraram no período um total de cinco Autos de Infração Ambiental, de advertência, por pescar em local no qual a pesca seja proibida, incorrendo no disposto do artigo 36 da resolução SMA-048/14.

O infrator responderá pelo crime ambiental previsto no artigo 34 da Lei Federal 9.605/98.

A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através do telefone 0800-0555-190.


Objetos apreendidos durante flagrante


Assessoria Polícia Ambiental
Leia também!
INCÔMODO
Fumaça causada pelo incêndio em aterro de Palmital incomoda moradores
O incêndio foi controlado pelos bombeiros e pela Prefeitura de Palmital
ABUSO
Adolescente é suspeito de abusar sexualmente de primo de 9 anos em Borborema
Caso foi registrado na Polícia Civil, mas por envolver menores foi encaminhado para a promotoria da Vara da Infância e Juventude
ATAQUE
Mulher é atacada por boi solto em estacionamento de rodeio e tem 5 costelas fraturadas4
Ocorrência foi registrada no domingo (25), em propriedade rural de Guaianás, distrito de Pederneiras
HOSPITALIZADA
Mulher é atacada por boi solto em estacionamento de rodeio e tem 5 costelas fraturadas7
Ocorrência foi registrada no domingo (25)
ROUBO
Posto de combustível é assaltado em Ibirarema e polícia prende suspeito2
O assalto foi realizado no sábado, dia 24
LENÇÓIS PAULISTA
Testemunha de Jeová passa por cirurgia complexa sem transfusão sanguínea25
Paciente de 46 anos teve bexiga, próstata e vesículas seminais retiradas sem o uso de sangue dos bancos
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2017
Google Twitter Whatsapp Facebook