18 de Dezembro de 2017
17º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Novas regras para o Fies eliminam carência para quitar parcelamento

A partir do ano que vem, o estudante que aderir ao programa terá que começar a pagar o empréstimo assim que se formar

Fundo de Financiamento Estudante, o Fies, ganha novas regras.

A partir do ano que vem, o estudante que aderir ao programa terá que começar a pagar o empréstimo assim que se formar.

Para os contratos antigos, vai permanecer o prazo de 18 meses de carência.

A medida provisória que altera a forma de financiamento foi aprovada no Senado e agora só depende da sanção do presidente Michel Temer.

Outra mudança é que o Ministério da Educação vai oferecer três modalidades aos estudantes.

A primeira delas, com 100 mil vagas, terá juro zero, com correção apenas pela inflação, e será destinada a quem tem renda familiar de até três salários mínimos.

As outras duas opções de financiamento, com 210 mil vagas, serão destinadas a estudantes com renda per capta de até cinco mínimos.

Também está prevista a criação do Fundo Garantidor do Fies, que deverá ter a adesão das instituições de ensino participantes do programa.

Rádio2
+ VEJA TAMBÉM