18 de Dezembro de 2017
17º/30º
NOTÍCIAS » ESPORTE

Assisense pode ser a nova aposta da equipe Sub15 do Palmeiras

Felipe da Costa Tonia tem 13 anos e pode integrar o time a partir do próximo ano

O assisense Felipe da Costa Tonia tem apenas 13 anos e uma vida toda pela frente, mas ele parece estar cada vez mais se aproximando de seus sonhos.

Nesta segunda-feira, 4, Felipe recebeu uma ligação do Palmeiras e deve ser uma das novas apostas para a equipe Sub15 do time. A oportunidade de contratação apareceu após uma peneira realizada em Cruzália, na qual ele se destacou e chamou a atenção dos olheiros.

"Em setembro deste ano eu participei de uma peneira em Cruzália e que teve a participação de 300 a 400 meninos, além da presença do técnico Marcão Pirassununga. Desses, só cinco passaram, sendo que de Assis eu fui o único. No dia 27 de novembro eu fui até São Paulo e passei uma semana treinando com a equipe de base do Palmeiras e foi quando surgiu essa oportunidade, que parece estar cada vez mais próxima", afirma.

O meio campista disse que enfrentou dificuldades durante esses dias na capital paulista, mas que isso não tirou o brilho desse momento tão especial.

"Fiquei uma semana lá sozinho, longe da família e de todo mundo. Foi difícil, devo dizer, pegar ônibus em uma cidade tão grande, por exemplo. Jogar bola eu sei, mas morar em São Paulo vai ser um desafio. Tinham muitos meninos participando do teste, mas o treinador da base disse que foi o melhor teste que ele viu nos últimos tempos. Foi muito legal, porque grande parte da minha família é palmeirense e eu pude estar lá no Allianz Parque, que é uma realização. Sou palmeirense desde criança e agora estou muito perto de pertencer ao meu clube do coração", salienta.

A confirmação da possível contratação de Felipe deve acontecer em meados de março de 2018. Agora Felipe vive a expectativa de poder jogar no EFIPAN, um campeonato que irá reunir times como o Nacional do Uruguai e o Boca Júniors da Argentina.

"O campeonato irá acontecer de 13 a 28 de janeiro e a expectativa é grande. Já tive uma experiência quando fiz um teste no Fluminense, mas que não deu certo, então a expectativa está dobrada. Vai ser um pouco mais difícil porque faço 14 anos em janeiro e jogarei com a equipe do Sub15, com os jogadores que já têm 15 anos, mas será uma experiência incrível, com certeza. Minha família está feliz e me apoiando, apesar de sabermos que é muito difícil conseguir a contratação, mas estamos confiantes e esperançosos", conclui.


Felipe da Costa Tonia


Felipe e técnico Marcão Pirassununga


Felipe se prepara para o campeonato no início de janeiro


Redação AssisCity/ Fotos: Divulgação
+ VEJA TAMBÉM