15 de Outubro de 2019
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COMPORTAMENTO

Hotel do Hard Rock deve ficar pronto até 2020 na região de Londrina

"Os hóspedes terão uma experiência única, com lazer e diversão para todas as idades. A Ilha do Sol é um retiro em meio à natureza para quem busca descanso e tranquilidade."

A rede Hard Rock, conhecida pelos restaurantes decorados com instrumentos musicais, vai inaugurar o primeiro Hard Rock Hotel do Brasil na Ilha do Sol, que fica no município de Primeiro de Maio (72,4 km de Londrina). O local é banhado pelos rios Paranapanema e Tibagi. O acesso ao hotel será por barcos no Rio Tibagi. A inauguração do hotel está prevista para meados de 2020.

O hotel está sendo construído onde seria o Maluí Resort, que foi lançado no final de 2010. Os apartamentos seriam vendidos de forma fracionada para que cada proprietário pudesse utilizar pelo período de quatro semanas por ano.

O Hard Rock Hotel contará com 196 quartos, 40 chalés e 16 Villas com dois quartos e trará as características da marca a um ambiente de natureza. Conforme Samuel Sicchierolli, fundador, acionista e CEO da Venture Capital Investimentos (VCI), para cada quarto, o hotel terá capacidade de receber oito visitantes.

"Os hóspedes terão uma experiência única, com lazer e diversão para todas as idades. A Ilha do Sol é um retiro em meio à natureza para quem busca descanso e tranquilidade."

As experiências características dos hotéis da marca também estarão disponíveis, incluindo um Rock Spa, Lobby Bar, Grab N' Go, um Body Rock Fitness Center e uma Rock Shop. Além de um palco para shows e apresentações que será construído sobre o Rio Tabagi. "Terá uma área interna e outra flutuante. Será o Hard Rock Live", afirma Samuel.

Samuel adianta também que terão três restaurantes disponíveis no hotel, sendo um deles "Signature", que será assinado por uma rede ou chef renomado. Terá também um bar na cobertura do hotel, três piscinas para crianças e adultos, lago de água termal, praia particular, entre outros.

O hotel contará ainda com uma área destinada aos clientes corporativos. Serão 1.278 m² destinados a reuniões. Outra característica do resort será a infraestrutura para esportes aquáticos como wakeboarding, esqui, vela e outras atividades.

Por meio do contrato firmado com a Hard Rock Hotel Brasil, a VCI controla os investimentos, mas toda a operação da marca no Brasil fica diretamente a cargo da rede americana. A Hard Rock possui US$ 4,7 bilhões de faturamento e está presente em 177 países, sendo considerada uma das mais valiosas do mundo.

Além desse projeto, a Venture Capital Investimentos (VCI), trará outras duas unidades do Hard Rock Hotel ao Brasil, sendo uma em Caldas Novas (GO) e outra em Fortaleza (CE). Juntos, os três empreendimentos custaram mais de R$ 300 milhões, sendo R$ 100 milhões por meio de debêntures emitidas e captadas com o Rating A+.

Expansão

A chegada ao Brasil faz parte de um plano de rápida expansão da operação de hotéis e resorts da Hard Rock - nos países onde a lei permite, o grupo também abre cassinos anexos aos projetos de hospedagem.

Segundo o vice-presidente de desenvolvimento da Hard Rock Resorts, Todd Hricko, a empresa, até dezembro de 2017, estava com 26 projetos em operação e fechou 35 novos contratos para novas unidades ao longo dos últimos três anos.

O objetivo da Hard Rock, explica Hricko, é chegar a cem hotéis e resorts sob contrato até 2020. Por isso, ele diz que existe espaço para a Hard Rock abrir mais resorts no Brasil tanto com o próprio VCI - que já tem um quarto projeto em gestação, em Natal (RN) - quanto com outros investidores.





Fernanda Circhia - Redação Bonde
+ VEJA TAMBÉM