25 de Maio de 2018
17º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Notícia de mulher que vendia espetinho com carne de cachorro em Tarumã é falsa

Boato se espalhou pelas redes sociais e não foi confirmado pelos órgãos policiais

A notícia que tem circulado nas redes sociais de que uma mulher teria sido presa em Tarumã após ser flagrada fazendo espetinhos com carne de cachorro é falsa.

Segundo o texto da publicação, a farsa teria sido descoberta depois de denúncias anônimas. Os vizinhos teriam começado a sentir falta dos animais e os sumiços teriam levantado desconfianças.

"Foi quando ouviram alguns gunidos dos animais na hora do abate, foi chamado a polícia local e feito a prisão em flagrante”, afirma o texto.

A equipe do AssisCity apurou juntamente com os órgãos policiais se a informação era verídica, mas trata-se de um boato que tem circulado também em outros cantos do país.

Há registros nas redes sociais da mesma informação em cidades como Beberibe, Ilha do Retiro, zona sul da capital paulista, Recife, Nova Iguaçu e outros locais.

Segundo o site Boatos.org, alguns detalhes demonstram que se trata de uma Fake News.

Primeiramente os erros de ortografia e a falta de fontes, que chamam a atenção. O fato também não foi divulgado por nenhum veículo de comunicação oficial, o que é estranho, já que uma situação como essa repercutiria nacionalmente. As fotos que circulam juntamente com o texto circulam em sites árabes desde 2016, enquanto a foto da mulher, ao que tudo indica, foi tirada em outro momento e em outro contexto.


Uma das fotos que circula pelas redes sociais e não condiz com a informação repassada


Redação AssisCity/ Fotos: Redes Sociais
+ VEJA TAMBÉM