16 de Julho de 2018
17º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Ciclistas de Tarumã e região participam de pedal e pedem justiça por amigo morto em acidente

Pedalada especial foi realizada neste domingo, 8

Na manhã deste domingo, 8, ciclistas de Tarumã e região fizeram um pedal especial em homenagem ao amigo Ricardo Vidal, que morreu após ser atingido por um carro na Rodovia Fortunato Petrini (SP 266), entre Florínea e Frutal do Campo, no dia 1º de julho.

Cerca de 100 ciclistas, incluindo famílias e crianças, usaram uma faixa preta simbolizando luto e saíram do Bosque de Tarumã para uma volta na cidade. Eles também fizeram um minuto de silêncio em homenagem ao parceiro, que foi lembrado com muita emoção.

Pedro Henrique Fernandes, mais conhecido como PH, foi um dos responsáveis pela iniciativa. Ele afirma que, além da homenagem, o movimento busca pedir justiça e conscientização.

"Nesse movimento, no qual pedimos justiça pelo Vidal, buscamos pedir respeito acima de tudo. Ele se foi, mas nós ficamos e seguimos firmes na busca da conscientização dos motoristas que não respeitam os ciclistas. Diminuir a velocidade e manter a distancia de 1,5 metros não é apenas lei, mas é uma forma de respeito e amor ao próximo! Queremos conscientizar a população que nós, ciclistas, somos seres humanos, pais, mães, filhos e filhas. Somos apaixonados pela bicicleta e buscamos fazer uma atividade que nos traga prazer, em busca de uma qualidade de vida melhor e saudável. Somos frágeis diante de um carro, moto ou caminhão, e é dever dos motoristas zelar por nós”, afirma.

PH faz parte da equipe Trava Roda e esteve junto de Vidal um dia antes do acidente. Ele conta que mais de 100 ciclistas participaram da homenagem deste domingo, incluindo participantes de Assis e Pedrinhas Paulista.

"Eu treinava bastante com o Ricardo e estive com ele no pedal do sábado, sendo que o acidente aconteceu no domingo. Fizemos o treino para Frutal e na volta passamos pela Rodovia Miguel Jubran. O Ricardo achou o trajeto perigoso, por conta do número de caminhões que passa pela pista, e no dia seguinte, quando ele foi com a namorada, acabou voltando pelo mesmo caminho da ida. Infelizmente esse cuidado dele não impediu que o acidente acontecesse, já que o principal problema não são as rodovias, mas a falta de conscientização dos motoristas. A morte dele mexeu comigo, com a minha família e deixou todos muito preocupados com a violência no trânsito”, salienta.

Segundo PH, a maioria dos ciclistas do país não possui um local adequado para os treinamentos, o que faz com que eles recorram às rodovias. Porém, ele faz questão de frisar que a presença das bicicletas nas estradas brasileiras não é proibida.

"Quem compete no ciclismo, sente muita dificuldade em encontrar um espaço ideal para os treinamentos. Tem um trecho em Assis conhecido como Rodobanha que tem cerca de 900 metros, mas não é o ideal. Os atletas precisam de uma cadência mais alta e por isso temos que pegar a pista. Mesmo quem pratica Mountain Bike precisa passar por alguns trechos de rodovia até chegar às trilhas. O que é importante dizer é que não estamos ali invadindo o espaço dos veículos. Existe uma lei que afirma que podemos transitar por ali, só que não é respeitada. Alguns motoristas diminuem a velocidade e respeitam a distância, mas para outros é como se não fôssemos nada. O número de pessoas que usam a bike como uma forma de atividade física tem crescido cada vez mais, pois é uma prática muito prazerosa. Fazemos o que pudemos para evitar acidentes, como sinalizar as viradas, equipamentos de segurança, luzes na bicicleta e tudo o mais, mas enquanto os motoristas e motociclistas não nos verem como parte integrante do trânsito, seguiremos lutando pela conscientização”, conclui.


Ciclistas se reuniram para pedal especial pedindo por justiça e conscientização dos motoristas


Cerca de 100 ciclistas de Tarumã, Assis e Pedrinhas Paulista participaram da homenagem


Ciclistas percorreram ruas de Tarumã neste domingo, 8


Pedro Henrique, o PH, era companheiro de treino de Ricardo Vidal, que morreu no acidente


Redação AssisCity/ Fotos: Divulgação
+ VEJA TAMBÉM