19 de Junho de 2019
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Sindicato Rural de Assis preocupado com rumos do setor agropecuário

COLUNISTA

Apesar de sempre se destacar no contexto econômico e ser muitas vezes o responsável pelo
equilíbrio na balança comercial, todas as atividades agrícolas e pastoris bem como toda a
cadeia conhecida como "agronegócio”, está comprometida com os sérios problemas
enfrentados pelo país neste momento.

O Sindicato Rural de Assis alerta que os custos de produção aumentaram muito e inviabilizam
a continuação das atividades. Segundo Orson Mureb Jacob, presidente da entidade, os preços
das commodities no mercado internacional desanimam os produtores e até mesmo os grandes
empresários. "Para agravar ainda mais a situação tem o tabelamento de fretes mínimos
rodoviários que criou custos adicionais. Empresas exportadoras já pensam em paralisar
atividades devido a esse passivo”.

Jacob demonstra muita preocupação com o futuro do setor e lamenta que o governo não
tenha dado a devida importância à agricultura. "Se tivéssemos uma política estruturada, com
planejamento sério e que viabilizasse a produção e a renda dos produtores, certamente isso
não estaria acontecendo. Entretanto, o desmazelo é percebido em todos os setores e requer
mais participação da sociedade nas decisões do país”.

A entidade defende os interesses da classe produtora mas entende que na realidade atual, é
necessário um engajamento maior por parte de todos os cidadãos. "Não podemos fechar os
olhos diante dessa situação. Temos que assumir nossas responsabilidades e cobrar de nossos
representantes as medidas para tornar este país viável”.

O Sindicato Rural de Assis vem conversando com outros Sindicatos da Região para fortalecer a
participação dos produtores nos vários fatores que dificultam a atividade agrícola. Com
participação e fortalecimento das entidades de classe é possível pressionar com veemência o
governo e parlamentares para a evolução do país.

Divulgação - Andrea Lieko
+ VEJA TAMBÉM