13 de Dezembro de 2018
17º/30º
ENTRETENIMENTO » BLOG

Marina perde metade dos eleitores em um mês e deve ajustar estratégia

CHARGE - Renato Piovan

Depois de perder metade de seus eleitores em um mês, a campanha de Marina Silva deve ajustar sua estratégia para tentar voltar a se mostrar competitiva na disputa pelo segundo lugar. No levantamento divulgado na sexta-feira pelo Datafolha, a ex-senadora oscilou mais três pontos percentuais para baixo, de 11% para 8%.

A queda livre nas pesquisas eleitorais indicou que foi a ambientalista a principal prejudicada com a entrada de Fernando Haddad no páreo com a transferência de votos de Lula para ele.

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, permanece na frente da corrida pelo Palácio do Planalto, agora com 26% das intenções de voto. Em segundo lugar, Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT) estão empatados, ambos com 13%.



CHARGE - Renato Piovan
Renato Piovan
nasceu em Assis e é formado em Jornalismo pela FEMA. Desde muito jovem sonhava em ser jornalista, mas decidiu que queria produzir notícias não só por meio de textos, mas também de ilustrações. Atualmente mora na tranquila Pedrinhas Paulista, onde recarrega suas energias e tem inspiração para "cartoonizar" assuntos nacionais e mundiais referentes à política, cotidiano, esportes, etc. Fazendo seus rascunhos aqui e acolá desde 1997, já colaborou com suas ilustrações para diversas mídias impressas e digitais de São Paulo e Paraná.
+ VEJA TAMBÉM