13 de Dezembro de 2018
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

A vida segue, ok?

COLUNISTA - Isabella Nucci 💫

A política nazista, mais conhecida pelo fato de pertencer ao velho sistema populista do Pão & Circo, quer desgraçar geral a classe trabalhadora. Já arruinaram muitas vidas com aquela história da lei que aniquilou os direitos da aposentadoria e, agora, o Malddad deveras pode completar o legado hostil dos mais diabólicos deuses petistas. Gente, é muita sacanagem. Um absurdo sem limites! E atenção: em meio a tantas propostas (des)convincentes aos favorecidos intelectualmente de lucidez, o candidato do PSL rebateu com todas as letras a manobra do vice que culminaria no fim do 13º salário: "uma ofensa a quem trabalha.”

Detalhe: mesmo após o impeachment, a chupadora das tetas do Brasil, ou seja, a ilustre Dilma Roussef, vive mordomias e várias mamatas porque calou/comprou a boca de seus cúmplices petistas. Digo mais: o ex-líder babaca do Partido Tonto não vê a hora de Maldadd ser eleito para voltar a beber cachaça com o dinheiro da nação. Isto é, a corja está lambendo tanto a mídia até sugar o voto do povo brasileiro que, como disse Pelé uma vez, "não sabe definitivamente votar”. Coisa feia, né não?!

Ora, é claro que o STF, corte pau mandada do Lewandowski, revogaria a censura de Fux que impediu o Rei Mané de ser entrevistado com o bigode atrás das grades. Afinal, meus caros, temos autoridades políticas que são uma verdadeira facção criminosa. Escancaram o jogo sujo em nossa cara e pior: Bolsonaro, segundo as pesquisas, pode fracassar no primeiro turno e no segundo infelizmente perder para a quadrilha que vai se juntar para destruir a nossa tão desejada esperança. Pode isso?!

É claro, meus queridos: podemos sim cair do cavalo por conta de votarmos no 17 e Mito ser elegido a presidente em consequência de uma suposta reviravolta. Mas antes isso do que tivermos nosso cavalo roubado! Dica de hoje: ou você desperdiça seu voto no Amoêdo e no Alvaro Dias que por sinal são excelentes mas estão entre os 2%, ou finalmente a sua ficha cai no cérebro que você derrubou no chão e vota no apelo radical por um País menos pior.

Aliás, a palhaçada toda camuflada vergonhosamente de promessas a jovens e mulheres pelo idolatrado substituto do santinho perseguido, não passa daqueles discursos de sempre: "vamos implantar uma Constituição decente”, "no meu governo basta de trabalhador subjugado”, "nós queremos democracia”, "chega de fazer o povo de trouxa” entre outros blá-blá-blás...

Contemplo tudo isso e uma grande pena do Zé Povinho bate em mim. Aliás, sabiam que são os não escolarizados a maioria que vota no Partido Tonto? Ah, claro, né?! Receberam tanto auxílio do antidemocrático desgoverno que praticamente sobrevivem apenas do Bolso Família e dão graças a Deus pelo Minha Casa Minha Vida. Traduzo, atentos leitores: o pessoal que pegou o bonde andando mal sabe que a caveira fiscal deixada pela Dilma nem cobre o orçamento de uma ala psiquiátrica aos pedaços instalada nas periferias.

Sim, minha gente. O Brasil está quebrado. Repito: que-bra-do! Temer só quer passar a peteca e sair impune. Malddad, por sua vez, depois de ter sido acusado por corrupção, quadrilha e lavagem de dinheiro, apenas vai esmorecer pra valer nosso PIB que meramente cresceu 0,2%.

Resumo desta ópera: se você deseja retrocesso de investimentos, é certo que seu número é 13. Se você luta por um País acelerado no âmbito potencial das inflações, ora! - seu número é novamente o 13. Enfim, se você quer a economia brasileira em plena estaca zero e mais atentados grotescos de violência, ahh, adivinha! Sim, seu número é o 13 maldito.

Sem mais palavras, caríssimos. É claro que para bons entendedores apenas meia palavra basta. Até o próximo artigo e a vida segue mesmo que você, leitor petista, discorde completamente de mim.




* Isabella Nucci💫 Jornalista, poeta e compositora.

COLUNISTA - Isabella Nucci
+ VEJA TAMBÉM