13 de Dezembro de 2018
17º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Assis dispõe de soro antiescorpiônico na UPA para acidentes com escorpiões

Em caso de acidente com animais peçonhentos, o paciente deve se dirigir até a UPA e passar pelo médico, que irá avaliar a situação para a aplicação do soro

Recentemente, muitos assisenses têm relatado casos de aparecimento de escorpiões em casas, terrenos e outros locais da cidade. A situação preocupante é favorecida especialmente devido à chegada da primavera e aproximação do verão, já que o animal se prolifera nas altas temperaturas e em períodos chuvosos.

O medo dos moradores é devido à picada do escorpião, que em alguns casos pode ser fatal, principalmente em crianças e idosos. Além das medidas para tentar evitar o aparecimento deste artrópode, os assisenses podem contar também com a disponibilidade do soro antiescorpiônico para casos de acidentes.

De acordo com a enfermeira e coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Nilsa Correia Leite, em Assis há disponibilidade do antiescorpiônico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

"Em caso de acidente com escorpião ou outro animal peçonhento, o morador deve se dirigir até a UPA e passar pelo médico, que irá avaliar a situação para a aplicação do soro. Mas é importante lembrar a população dos cuidados básicos que devem ser rotineiros, como atenção ao trocar de roupa ou colocar os calçados, instalar proteção nos rodapés das portas, limpar os quintais, pois o escorpião aparece onde tem lixo, pois na sujeira há baratas e o escorpião é um predador da barata”, destaca.

Lembrando que a UPA é um ponto estratégico para liberação do antiescorpiônico e atende não somente Assis, mas também os municípios de Platina, Palmital, Candido Mota, Tarumã, Florínea e Pedrinhas Paulista. O endereço é Rua Osmar Luchini, 670, na Vila Jardim Aeroporto.

"Ao encontrar um animal peçonhento, como cobra, aranha ou escorpião, o morador deve entrar em contato para obter informação sobre a captura e o recolhimento destes animais. O contato deve ser feito diretamente na Vigilância pelo telefone (18) 3302-5555”, salienta.

Outros municípios

Recentemente, uma ação foi movida pelo Ministério Público na região de Jaú, depois que três crianças morreram pela falta do soro.

Por decisão judicial, as cidades de Barra Bonita e Igaraçu do Tietê (SP) receberam seis ampolas de soro antiescorpiônico cada uma, em lote enviado pela Secretaria Estadual de Saúde.

Um dos casos foi em Ourinhos, com a morte da pequena Giovana Guedes Martins, de 4 anos, picada por um escorpião; outro em Cabrália Paulista, em que a menina Yasmin Lemos Campos, de 4 anos, morreu também após ser picada por um escorpião; e em Barra Bonita, vitimando o garoto Brian Gabriel Alves, de 6 anos, que também morreu após ser picado.

O pedido do MPF para que todas as 11 cidades recebessem um estoque mínimo de soro visa garantir o atendimento emergencial em episódios graves de picadas de escorpião, que envolvem geralmente idosos e crianças.


Assis tem disponibilidade do antiescorpiônico na UPA para casos de acidentes



Ao encontrar um animal peçonhento, morador deve entrar em contato para obter informação sobre a captura e o recolhimento destes animais


Redação AssisCity/Foto: Divulgação
+ VEJA TAMBÉM