13 de Dezembro de 2018
17º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Projeto Mais Médicos para o Brasil abre vagas em Assis e região

Edital foi publicado nesta terça-feira, 20, e prevê ao todo 11 vagas na região

Nesta terça-feira, 20, o Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União o edital para a adesão de médicos ao Projeto Mais Médicos para o Brasil.

Na região de Assis, cinco cidades tiveram abertura de vagas, sendo quatro vagas em Paraguaçu Paulista, três vagas em Assis, duas vagas em Ibirarema, uma vaga em Oscar Bressane e uma vaga em João Ramalho.

Poderão participar do chamamento público apenas médicos formados em instituições de educação superior brasileiras ou com diploma revalidado no Brasil.

As inscrições para adesão ao Projeto Mais Médicos para o Brasil serão efetuadas até o dia 25 de novembro somente via internet, através do Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP), acessível pelo endereço eletrônico http://maismedicos.gov.br.

Ao todo são ofertadas 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), que antes eram ocupadas por médicos da cooperação com Cuba. As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição.

Os médicos aprovados deverão se apresentar nos municípios escolhidos a partir do dia 3 de dezembro para homologar a contratação e começar a trabalhar. O prazo final para que os médicos aprovados se apresentem é dia 7 de dezembro, às 18h, ou serão eliminados do processo e a vaga será disponibilizada novamente no sistema de inscrição do Ministério da Saúde.

Segundo nota publicada pelo Ministério, "o edital é a medida emergencial adotada pelo governo brasileiro para garantir a assistência em locais que contam com profissionais de Cuba, após o comunicado da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) no qual o governo cubano informa que encerrou a cooperação no programa Mais Médicos”, conclui.

Para acessar o edital completo, clique aqui.


Médicos aprovados deverão se apresentar nos municípios escolhidos a partir do dia 3 de dezembro


Redação AssisCity/ Fotos: Divulgação
+ VEJA TAMBÉM