13 de Dezembro de 2018
17º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Novas médicas do Programa Mais Médicos atendem em Paraguaçu a partir desta quarta-feira

Informação foi confirmada pela diretora do Departamento de Saúde, Cristiane Bonfim

Menos de uma semana após o governo federal lançar edital para ocupar 8.517 vagas de profissionais que deixaram o programa Mais Médicos, 96,6% das vagas já foram preenchidas. Os dados são do Ministério da Saúde.

Em Paraguaçu Paulista, por exemplo, das quatro vagas existentes, duas já foram preenchidas por duas médicas que começam a atender a população da cidade na próxima quarta-feira, dia 28 de novembro. A informação é da diretora do Departamento de Saúde, Cristiane Bonfim.

"A população de Paraguaçu Paulista não ficou sem atendimento, pois as unidades de saúde se
organizaram para suprir a demanda e, já a partir da próxima quarta-feira, duas das quatro vagas do Mais Médicos foram preenchidas por duas médicas que começam a atender imediatamente”, informa Cristiane.

Começam a trabalhar nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, as médicas Fernanda Zangarine Quadrado e Deborah Pinaffi dos Santos. A especialidade das duas é clínica geral que é quando o médico que possui visão total do organismo humano, capaz de diagnosticar, tratar e, em alguns casos, encaminhar o paciente ao especialista adequado.

O governo brasileiro resolveu abrir concurso para selecionar novos profissionais após o desligamento de Cuba do programa, anunciado no último dia 14. Os médicos cubanos, que somavam 8 mil profissionais, começaram a deixar o país na semana passada.

Os profissionais do Mais Médicos recebem bolsa-formação no valor de R$ 11,8 mil e uma ajuda de custo inicial entre R$ 10 e R$ 30 mil para deslocamento para o município de atuação. Além disso, todos têm a moradia e a alimentação custeadas pelas prefeituras do município onde irão trabalhar. As inscrições para o concurso estarão abertas até o dia 7 de dezembro.


Médica Fernanda Zangarine Quadrado, diretora de Saúde Cristiane Bonfim e a médica Deborah Pinaffi dos Santos


Divulgação
+ VEJA TAMBÉM