10 de Dezembro de 2018
17º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Farmacêutico reforça orientação sobre a importância do uso do repelente no verão

Na farmácia Medicamentos Brasil você encontra repelentes a partir de R$14,90

Na praia, no campo ou na cidade proteger nossa família e nos proteger de picadas de
mosquitos e outros insetos é sempre uma preocupação. Com a chegada do verão, estação
preferida para a proliferação do Aedes aegypti, que transmite não só a dengue, mas duas
doenças graves: Zika Vírus e o Chikungunya, a atenção deve ser redobrada.

O farmacêutico Matheus Wendell, da Farmácia Medicamentos Brasil explica qual a função do
repelente.

"O repelente tem a função de repelir, ou seja, manter afastado de sua pele o mosquito. Ele irá
evitar a aproximação do mosquito, e consequentemente da picada e da transmissão de
alguma doença. Os repelentes mais comuns são os químicos, em formas de loção, creme, gel,
spray ou aerossol”, afirma.

Os repelentes são fabricados à base dos princípios ativos dietiltoluamida (DEET) e icaridina,
capazes de espantar uma série de insetos, não só mosquitos. No entanto, é preciso ter atenção
na hora de comprar esses produtos, pois nem todos atendem às recomendações da
Organização Mundial da Saúde e alerta para a pouca eficiência de repelentes naturais, como
citronela, no combate ao mosquito da dengue.

Segundo o farmacêutico é preciso se atentar na quantidade de princípios ativos para que o
repelente seja eficaz.

"Os princípios ativos recomendados pela Organização Mundial de Saúde são os que possuem
de 20% a 50% de DEET, 20% a 25% de icaridina e 30% do composto químico IR 3535. que são capazes de proteger por mais de dez horas. O Aedes aegypti é um mosquito difícil de repelir. Alguns estudos mostram que a citronela, comparada com outros agentes, é a que tem menor poder repelente. É importante ressaltar que deve-se procurar por produtos aprovados pelo Ministério da Saúde e pela Anvisa. Isso garante que o produto seja eficaz”, diz.


Matheus Wendell, farmacêutico da Medicamentos Brasil


O farmacêutico também alerta sobre o uso de repelente em gestantes, pois a prevenção deve
ser intensificada.

"A recomendação é usar roupas com mangas longas e, principalmente, calças compridas. As
roupas finas não impedem as picadas, por isso, o ideal é preferir tecidos mais grossos. Além
das roupas, recomenda-se que as gestantes façam uso do repelente de forma permanente,
inclusive por cima das roupas”, salienta.


Para gestantes o uso do repelente deve ser intensificado


É importante esclarecer que crianças de até 6 meses de idade não devem utilizar nenhum tipo
de repelente e também não permanecerem em cômodos que tenham repelentes elétricos que
liberam princípios ativos químicos. Ambos são recomendados apenas para crianças acima de
dois anos.


A recomendação é o uso de repelentes para crianças acima de dois anos, bebês não devem utilizar nenhum tipo


Matheus ainda orienta a forma de utilização do repelente.

"Como a grande maioria dos repelentes disponíveis no mercado brasileiro não indica no rótulo
a concentração de DEET, é necessário renovar sua aplicação pelo menos a cada quatro horas.
Entretanto, em locais muito úmidos, por causa da transpiração mais intensa, a aplicação deve
ser repetida a cada duas horas, mesmo que a concentração da substância ativa seja adequada.
Além disso, cada vez que entrar na água ou molhar o corpo, esse produto precisa ser passado novamente na pele, não aplicando próximo da boca, nariz, olhos ou sobre machucados na
pele”, afirma.

Para evitar problemas em caso de ingestão ou efeitos adversos, basta seguir as orientações do fabricante e guardar sempre a bula ou embalagem para posterior consulta.

Ainda sobre a aplicação, o farmacêutico explica como utilizar o repelente quando se usa filtro
solar.

"Vale lembrar, ainda, um detalhe importante: para ser eficaz contra a picada de insetos, é
indispensável que o repelente esteja em contato direto com o meio externo. Por isso, se a
pessoa necessita também de filtro solar, o que é comum nas regiões muito quentes , deve
aplicar primeiro o filtro e, por cima, o repelente”, conclui.

Para finalizar, Matheus Wendel sugeri alguns repelentes.

"Eu particularmente prefiro os repelentes a base de icaridina, que é princípio ativo mais novo e
que afasta melhor o mosquito da dengue. O primeiro repelente que saiu com esse ativo foi o
Exposis®, no qual tem diversas apresentações, tanto em gel e em spray, adulto e infantil. Toda linha de repelente Exposis® está na promoção por R$ 49,90”, indica.


Repelente Exposis®


E recomenda mais opções.

"Um outro repelente famoso é o Off!®. Ele é a base de DEET, tem uma linha grande também,
tanto loção quanto spray, para adultos e crianças. O repelente Off! é melhor de preço, e varia
na faixa de R$ 20,00 a R$ 30,00 entre outras marcar com preço a partir de R$14,90”, finaliza.


Repelente Off!®


Serviço

Farmácia Medicamentos Brasil
Rua José Nogueira Marmontel, 890 - Centro – Assis
Telefone: (18) 3324-3030
Site


Farmácia Medicamentos Brasil


"Medicamentos podem causar efeitos indesejados, evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico"
ANVISA - RDC 44/2009

Divulgação
+ VEJA TAMBÉM