19 de Junho de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » BRASIL

Procon-SP passa a aceitar reclamações e denúncias via aplicativo

Agora o consumidor poderá ter sempre à mão uma ferramenta para orientá-lo e defendê-lo.

Já estão no ar as novas funções do aplicativo da Fundação Procon-SP, desenvolvido pela PRODESP conjuntamente com equipe de TI da fundação. Agora o consumidor poderá ter sempre à mão uma ferramenta para orientá-lo e defendê-lo.

Além das informações que já eram disponibilizadas como conteúdo do Código do Consumidor, respostas às dúvidas mais frequentes e lista das empresas mais reclamadas, na versão atualizada, será possível fazer reclamações e denúncias documentadas através de fotos e vídeos.

Para o diretor executivo – Paulo Miguel – a melhor forma de proteger o consumidor das más práticas do mercado é dotá-lo de informação e oferecer ferramentas tecnológicas que permitam identificar infrações, abusos e punir quem desrespeita o Código do Consumidor de maneira mais ágil. "Esse é o papel do app da Fundação Procon-SP que, numa próxima etapa, deverá fornecer dados sobre a reputação da empresa, facilitando as decisões do consumidor. O aplicativo não é do Procon. É de todos porque somos todos consumidores”. O diretor ressaltou ainda o esforço dos funcionários do Procon para essa atualização.

Marcelo Gonella de Andrade – diretor de Administração e Finanças – lembrou que a aparente simplicidade do app, na verdade, esconde um sofisticado sistema de softwares e hardwares que evoluirá para adoção do georreferenciamento e do learning machine. Esse é o Procon 4.0 que será acessível a qualquer pessoa do estado de São Paulo o que tenha um Smartphone com internet.

O aplicativo será de grande utilidade, especialmente, para o consumidor de localidades que não contam com o Procon Municipal. O app da Fundação Procon-SP chega como um presente de Natal para os paulistas. Para baixá-lo, basta buscar Procon SP na Play Store e App Store.

O lançamento da versão interativa do aplicativo aconteceu no dia 20/12 na sede da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, com a presença do secretário adjunto

Redação Jornal Diário
+ VEJA TAMBÉM