17 de Novembro de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Corte de árvores no centro de Palmital gera polêmica

A Secretaria do Meio Ambiente informou que no projeto elaborado em 2016, já era prevista a remoção das árvores

Nesta quarta-feira, o vereador Francisco de Souza "Caninha”, de Palmital protocolou uma denúncia no Ministério Público de prejuízos ao Meio Ambiente, contra a prefeitura daquela cidade, pois a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, autorizou o corte de duas árvores da espécie Cibipiruna, na praça Henrique Pyles, para a reforma do local.

Caninha conta que muitos moradores reclamaram com ele e também nas redes sociais contra a retirada das árvores, que já estavam no local há décadas.

"Procuramos o secretario Pedro Kirnew, para saber porque as árvores foram cortadas, ele nos disse que é por causa da reforma da praça, que prevê um estacionamento, mas em frente a esta praça tem uma outra praça com estacionamento de 45º, que funciona muito bem, sendo assim não há necessidade do corte destas árvores, por isto procuramos o Ministério Público para protocolar esta reclamação”, considera.

O secretário de Meio Ambiente de Palmital, Pedro Kirnew, informou através de nota que a remoção das árvores já constava no projeto elaborado em 2016, mas que só teve sua verba liberada agora, e que a exemplo do que aconteceu na praça do lanchódromo foram retiradas as árvores que apresentavam risco a população.

Ainda segundo a nota, as árvores passaram por análise de um especialista, que verificou que elas apresentavam uma anomalia em sua estrutura, e sua raiz estava danificando o calçamento, as guias e o meio fio, prejudicando o acesso e a circulação.

A nota informa ainda que durante a execução do projeto e reforma da praça serão plantadas novas árvores em substituição das que foram removidas.



Duas árvores foram cortadas da praça Henrique Pyles


Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM