19 de Maio de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Carroceiros protestam contra projeto de lei que proíbe o uso de carroças na área urbana de Palmital

O protesto ocorreu na manhã desta quinta-feira, 2 de maio

Nesta quinta-feira, 2 de maio, foi realizado em Palmital um protesto contra o Projeto de Lei do vereador Eduardo Apolinário de Vasconcellos, que proíbe uso de carroças e charretes na área urbana da cidade.

Com o apoio de moradores, cerca de 20 carroceiros saíram de frente a uma concessionária e percorreram as ruas em direção à Câmara Municipal de Palmital, levando cartazes contra o projeto.

De acordo com o documento, a lei proibiria o uso de carroças e charretes para o transporte de pessoas, mercadorias, materiais, resíduos de construção civil, entulhos e materiais semelhantes.

Em caso de descumprimento, o projeto prevê o recolhimento imediato da carroça, do animal e também inclui multa no valor de R$ 500. Os animais recolhidos seriam encaminhados ao Centro de Controle de Vetores e Zoonoses para realização dos procedimentos de verificação de saúde, bem como para seu alojamento, até que os animais sejam retirados pelos proprietários, no prazo de cinco dias, mediante pagamento das despesas com veterinário e vacinação. Caso necessário, ou se expirado o prazo, o cavalo seria levado à adoção.

Ainda segundo o projeto de lei, seria permitido o uso dos animais apenas para a prática de hipismo, equoterapia, cavalgadas, eventos oficiais de cunho religioso ou folclórico, além de atividades que deem destaque à integração, ao turismo e ao lazer.

"Estes carroceiros cuidam bem de seus animais e há no pátio da antiga FEPASA, no centro da cidade, um bebedouro para que os cavalos possam beber água. Eu conversei com alguns carroceiros e pude verificar que os animais estão bem cuidados. O trabalho deles é digno e a proibição do uso de carroças pelo centro prejudicaria estes trabalhadores” ressalta o vereador Rodolfo Mansolelli.

A reportagem do AssisCity conversou com o presidente da Câmara de Palmital, vereador Francisco de Souza Caninha, que também esclareceu o episódio.

"Eu recebi os carroceiros e expliquei o que está acontecendo. O projeto está nas mãos das comissões, que vão dar o parecer se encaminha ou não para a votação. Até o momento, eles não deram o parecer, mas o vereador Eduardo informou que iria retirar o projeto da pauta, o que eu reafirmei durante a conversa que tivemos com os carroceiros, já que é um projeto negativo para nossa cidade. O combinado foi que amanhã, sexta-feira, eles irão lá novamente até a Câmara para definirmos a questão da votação, mas acredito que o projeto não será encaminhado”, explica.

A reportagem também tentou contato com o autor do Projeto de Lei, mas a Câmara de Palmital informou que o vereador está em viagem e só retornará na segunda-feira, 6.

Assista ao vídeo:




Protesto seguiu pelo centro da cidade até a Câmara Municipal de Palmital


Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM