18 de Julho de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Polícia Civil prende suspeitos de assassinato de homem atingido por 29 facadas em Presidente Venceslau

Prisões temporárias pelo prazo de 30 dias foram cumpridas mediante determinação da Justiça. Vítima tinha 53 anos e foi encontrada às margens da estrada vicinal SPV-20

A Polícia Civil prendeu na tarde desta segunda-feira (6) os dois suspeitos de envolvimento no homicídio que vitimou um homem de 53 anos, que foi encontrado com 29 golpes de faca nas margens da estrada vicinal SPV-20, em Presidente Venceslau (SP). As prisões foram efetuadas mediante mandados expedidos pela Justiça.

Os suspeitos, uma mulher de 52 anos e um homem de 21, residem em Caiuá e são amigos.

A vítima, identificada como Valdemilson dos Santos, morava em um assentamento, em Bataguassu (MS), e há cinco dias estava convivendo com a suspeita em Caiuá (SP).

As investigações da Polícia Civil apontam para um possível crime passional.

‘Requintes de crueldade’

O delegado Adalberto Gonini Júnior informou ao G1 que, em depoimento à Polícia Civil, a mulher alegou que foi violentada por seu companheiro e comentou o fato com o rapaz de 21 anos.

Os dois, então, combinaram de dar um "susto” na vítima.

A mulher relatou ainda que, nas margens da estrada vicinal, o suspeito pegou o macaco do veículo da própria amiga e atingiu a cabeça da vítima. Em seguida, ele desferiu os 29 golpes de faca, segundo o delegado.

A mulher não agrediu a vítima, de acordo com a polícia.

"Foi um crime com requintes de crueldade. A vítima teve afundamento de crânio devido à pancada que levou na cabeça”, explicou Gonini Júnior ao G1.

O prazo das prisões temporárias é de 30 dias, que pode ser prorrogado pelo mesmo período. O homem foi levado para a Cadeia de Presidente Venceslau e a mulher para a unidade feminina de Dracena.

O caso

O corpo de um homem foi encontrado na manhã do último sábado (4) às margens da estrada vicinal SPV-20, nas proximidades do aterro sanitário municipal, em Presidente Venceslau.

Segundo o delegado da Polícia Civil Adalberto Gonini Júnior, o corpo possuía 29 perfurações de faca. Os golpes atingiram as regiões das costas e da cabeça.

Foi uma pessoa que passava pelo local quem avistou o corpo e acionou a polícia.

Ainda no último fim de semana, a Polícia Civil conseguiu identificar a vítima. As investigações apontam para um possível crime passional.


Cadáver foi encontrado em Presidente Venceslau


G1
+ VEJA TAMBÉM