19 de Julho de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Síndrome Mão-Pé-Boca é diagnosticada em 10 crianças de creche em Assis

Casos foram registrados na EMEI Maria Adilecta Mello Ribeiro, no Jardim Bela Vista

Uma creche de Assis está com dez casos diagnosticados com a Síndrome Mão-Pé-Boca. A informação foi confirmada nesta terça-feira, 14, pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica (V.E) e também pela Secretaria Municipal da Educação.

Valéria Rodrigues dos Santos é mãe do pequeno Enzo, de 1 ano e 7 meses. Ela conta que desde sexta-feira, 10, o filho começou a apresentar os sintomas.

"Ele estuda na EMEI Maria Adilecta Mello Ribeiro, no Jardim Bela Vista, e percebemos os sintomas no final da semana passada. Ele fez os exames de sangue e fezes para confirmar o diagnóstico e desde então estamos fazendo o tratamento em casa. O médico orientou passar pomada nos locais das feridas e beber muita água”, afirma.

A reportagem do AssisCity conversou com Nilsa Leite, que é coordenadora da V.E. Ela esclareceu que, até o momento, apenas essa creche apresentou casos.

"Por enquanto temos casos somente nesta creche. A escola que tiver algum caso deve informar a Unidade de Saúde mais próxima, para que visitas e orientações sejam realizadas. As mães também devem levar o filho doente ao médico e, se confirmar a doença, a criança terá atestado médico para permanecer fora da escola por sete dias, até que desapareçam os sintomas”, explica.

Já a secretária municipal da Educação, Dulce de Andrade Araújo, os pais não precisam ficar alarmados.

"Até o momento, percebemos que se trata de uma situação pontual e que está sendo cuidada pela escola, juntamente com as mães e responsáveis. Temos uma parceria também com o Posto de Saúde do bairro, que está fornecendo todas as orientações necessárias para evitarmos o contágio. Por orientação médica, as crianças diagnosticadas devem ficar recolhidas, para que a doença não se espalhe, mas até o momento não é um caso de alarmar”, salienta.

O médico pediatra Marcos Bastos atende em Assis e também esclarece quais são os principais sintomas da doença.

"A Síndrome Mão-Pé-Boca é causada pelo vírus Coxsackievirus A16. Ela é mais comum no período de aulas e pode se espalhar mais devido ao tempo seco e às rápidas mudanças climáticas. A doença é muito comum em crianças, geralmente com idade inferior a cinco anos. Os principais sintomas são feridas na cavidade bucal, além de erupções nas mãos e nos pés. Geralmente é auto limitada e benigna, mas pode levar à desidratação em alguns casos. Isso porque as lesões causam dor e fazem com que as crianças não consigam comer, nem ingerir líquidos”, finaliza.


O pequeno Enzo está com a Síndrome Mão-Pé-Boca e realizando o tratamento em casa


Médico pediatra Dr. Marcos Bastos


Redação AssisCity/ Fotos: AssisCity
+ VEJA TAMBÉM