23 de Agosto de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Morador de Tarumã é vítima de estelionato durante compra de carro em site

Ocorrência foi registrada no Plantão da Polícia Civil de Assis

Um homem de 35 anos, morador de Tarumã, compareceu na noite deste domingo, 9, ao Plantão da Polícia Civil de Assis, onde registrou um Boletim de Ocorrência de estelionato.

Conforme o registrado no B.O, no dia 4 de junho, a vítima viu em um site o anúncio da venda de um carro da marca Hyundai modelo HB20, no valor de R$ 33 mil.

O homem entrou em contato com a vendedora e, após um princípio de negociação, ela disse que já havia uma pessoa interessada no carro. Depois, em novo contato, ela disse que a pessoa havia ficado com o veículo, mas que já trabalhou na montadora e poderia passar o contato de um funcionário, que poderia vender um carro zero km com valor abaixo do de mercado.

A mulher passou um telefone com DDD 19 e vítima entrou em contato com o outro possível vendedor. Ele lhe informou que um funcionário da montadora estaria vendendo um carro do modelo desejado, cujo valor de mercado é R$ 45,5 mil, por R$ 37,9 mil.

O suposto funcionário pediu para a vítima preencher uma ficha de pessoa física, que foi enviada por e-mail. Na sexta-feira, 7 de junho, o suposto vendedor entrou em contato com o homem, informando que havia feito o pedido de faturamento. Porém, segundo ele, o sistema indicava duplicidade de pagamento.

A justificativa do golpista foi que ele já havia pago a entrada do veículo, convencendo a vítima a fazer um depósito no valor de R$ 15,5 mil em uma conta bancária, para que o sistema liberasse a venda. Ainda segundo ele, a diferença seria paga com um cheque administrativo na sede da montadora em Piracicaba, nesta segunda-feira, 10 de junho.

No sábado, no entanto, a vítima ligou para o 0800 da empresa, quando foi informado por uma atendente da que este procedimento não era adotado pela empresa.

A vítima então entrou em contato com o banco para o qual a transferência foi efetuada, sendo orientado a registrar o B.O.

Redação AssisCity/ Foto: Ilustrativa
+ VEJA TAMBÉM