18 de Junho de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Alunos da Apae Assis integram bateria em apresentação da Unidos da Vila Operária

Alguns estudantes da entidade também foram recepcionados pelo casal de mestre sala e porta bandeira

Mais uma apresentação foi realizada pela Unidos da Vila Operária, como parte do projeto A
V.O. Vai à Comunidade, contemplado pelo programa Proac Município.

Desta vez, o evento foi realizado na Festa Junina da Apae Assis, na noite dessa sexta-feira, dia 08. Além das atividades previstas no projeto, a participação dos alunos na bateria da escola trouxe emoção àqueles que acompanhavam a apresentação.

Surdo, ganzá e chocalho foram conduzidos pelos alunos, que se mostravam empolgados pelo
trabalho artístico realizado. Além disso, alguns estudantes da entidade também foram recepcionados pelo casal de mestre sala e porta bandeira e ocuparam a quadra na execução
de sambas enredo tradicionais.

Para as integrantes da escola, Marília Plastina e Joseane Ramos, esta foi a apresentação mais
emocionante que vem sendo realizada pelo projeto. "Foi muito bonito. Fiquei emocionada.
Superou a apresentação que fizemos no asilo”, comemorou Joseane ao final da apresentação.

Centenas de pessoas estiveram presentes na tradicional festa junina da Apae. Na ocasião, o
idealizador do projeto, Sérgio Frederico, enfatizou a proposta desenvolvida pela escola de
levar a arte para entidades assistenciais do município e cumprir com o objetivo de ampliar o
acesso à cultura no município. Ele agradeceu a oportunidade à Secretaria Municipal de
Cultura, por viabilizar a participação de Assis neste programa do governo do estado de São
Paulo.

A escola trouxe à quadra da Apae uma série de atividades culturais ligadas de alguma forma
com a Unidos da Vila Operária, incluindo o samba, o balé, a capoeira e o samba enredo. A
poesia, também ganhou destaque na apresentação dessa sexta-feira, com a declamação da
poesia de Nilva Mendonça por Repeca Carpentiere. A intérprete do poema é irmã de Elizeu
Carpentiere, estudante da Apae, e dedicou a ele as palavras escritas pela poetisa da Vila
Operária.

A emoção dos irmãos situados ao centro da quadra naquele momento, evidenciou
carinho, dedicação e o sentimento de gratidão da família à Apae pelo trabalho realizado no
local.

Confira as fotos:



Divulgação - Vanessa Zandonade
+ VEJA TAMBÉM