22 de Setembro de 2019
17º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Assis bate 21,2% de umidade do ar e sol vermelho reflete seca na região

Umidade do ar (U.R) atingiu índices alarmantes, com apenas 21,2%

Os moradores de Assis, Palmital e demais cidades da região amanheceram com uma vista diferente do céu nesta segunda-feira, 19 de agosto. Além do tempo nublado e das temperaturas mais amenas, o sol vermelho chamou a atenção de muitas pessoas.

Apesar da beleza, a cena revela preocupações, especialmente devido à saúde da população. Segundo o climatologista Vagner Camarini Alves, entrevistado pelo G1, trata-se de um fenômeno causado pelo excesso de poeira, fumaça e fuligens, comum especialmente durante o inverno.

A estação é marcada pela seca e a densidade de todos esses elementos no ar dificulta a passagem da luz do sol, que ganha tons avermelhados.

De acordo com o Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas (CIIAGRO), na última semana Assis registrou 0 milímetros de precipitação acumulada, ou seja, sem chuvas. Nesta sexta-feira, 16 de agosto, a umidade do ar (U.R) atingiu índices alarmantes, com apenas 21,2%. A máxima da U.R foi na quarta-feira, 14 de agosto, quando atingiu 54,1%.

Já Palmital teve U.R de 14,3% nesta sexta-feira, 16, atingindo máxima de apenas 45,5% na quarta-feira, 14.

Em Tarumã, a mínima foi de 21,3% na sexta-feira, 16, com máxima de 49,2% no dia 14.

Segundo o IPMET, a passagem de uma frente fria pelo oceano Atlântico, próximo ao litoral paulista, mantém o tempo instável, com muita nebulosidade e chuvas isoladas, principalmente no sul e leste do Estado de São Paulo. As temperaturas estão em ligeiro declínio.

Jonas Expedito - Leitor Jonas Expedito registrou o sol vermelho em Assis
Leitor Jonas Expedito registrou o sol vermelho em Assis


Conceição Gonçalves - Internauta Conceição Gonçalves também compartilhou registro do céu avermelhado
Internauta Conceição Gonçalves também compartilhou registro do céu avermelhado


Redação AssisCity/ Fotos: Divulgação
+ VEJA TAMBÉM