14 de Novembro de 2019
17º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Dia do Bancário: o que comemorar?

COLUNISTA - Sindicato dos Bancários de Assis e Região

O Sindicato dos Bancários de Assis e região não poderia deixar de relembrar a data histórica de
28 de agosto de 1951 como o dia da maior paralisação da categoria e a partir daquela data passou a ser considerado o Dia do Bancário pelo fato do grande resultado obtido com a paralisação.

Hoje, mais do que nunca, temos que reviver a importância daquele movimento que tinha como objetivo a luta em favor da classe trabalhadora, especialmente, dos bancários.

Lembrando que temos que continuar com esse mesmo espírito de luta nos dias atuais com a categoria unida, visando combater os ataques que estão sendo desferidos contra toda classe trabalhadora do nosso país, principalmente com as reformas já aprovadas, trabalhista e a terceirização para qualquer atividade pública e privada, também a da previdência ainda em andamento, mas prevista para finalizar no começo do mês de outubro próximo.

Diante de todas essas ameaças de retiradas de direitos com a falsa promessa de geração de empregos e renda, os trabalhadores precisam se mobilizar juntamente com outros segmentos da sociedade que têm preocupação com um projeto de desenvolvimento econômico e social, através do crescimento econômico com geração de emprego e distribuição de renda.

Finalmente, lembramos que a categoria vem sendo consumida cada vez mais pela tecnologia e
o cliente vem sendo atendido por máquinas. Os bancários pagam muito com seus direitos com
a sobrecarga de trabalho e cobranças abusivas de resultado e também toda a população que
arca com gastos mensais com cobranças de tarifas e altas taxas de juros em favor de lucros
bilionários dos bancos.

Divulgação
+ VEJA TAMBÉM