16 de Outubro de 2019
17º/30º
ENTRETENIMENTO » BLOG

Suplementos e exercícios são fundamentais para evitar a perda de massa muscular

Massa magra não é útil apenas na questão de estética, mas também de saúde

Ganhar mais massa magra do que gorda é a meta de muitos que treinam e consomem suplementos, no entanto, a massa magra não é útil apenas na questão de estética, mas também de saúde.

Isso porque ter mais músculos desenvolvidos do que gordura corporal, ajuda a combater diversos tipos de doenças - entre elas a osteoporose, diabetes, infartos e artrite.

Um estudo realizado pelo Hospital do Coração (HCor) alerta sobre esse risco e reforça que a ausência de atividade física aumenta as chances de desenvolver doenças, principalmente as cardiovasculares.

O relatório também ressalta que através de exercícios é possível mudar a circulação sanguínea e estimular o fluxo de sangue nas artérias e, com isso, evitar o acúmulo de gordura.

A prática de exercícios aliada a bons suplementos pode também ajudar a combater a sarcopenia, que é o processo da diminuição de células musculares em pessoas acima dos 30 anos. Inevitavelmente, a partir dessa idade, perdemos entre 5% a 8% da nossa massa muscular a cada década de vida.

Essa doença que afeta principalmente pessoas com mais de 60 anos, pode ser revertida com o consumo de suplementos e atividades físicas que favorecem ganho de massa magra. De acordo com um estudo publicado no jornal científico Geriatrics & Gerontology International, a suplementação com whey protein depois de treinos de resistência é eficaz para a prevenção da sarcopenia em mulheres idosas.

Apesar da perda de massa e força, uma pesquisa feita pela universidade federal de São Paulo (Unifesp), constatou que 79% dos brasileiros não percebem a perda muscular com o avançar da idade.

Esse levantamento nos mostra um cenário alarmante, agravado pelo aumento da população com idade superior a 50 anos. Atualmente, de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), o Brasil possui 36 milhões de pessoas com idade entre 50 e 79 anos.
Em uma pesquisa anterior, o mesmo instituto já havia divulgado dados dos quais, estima-se que em 2030 o número de brasileiros com mais de 60 superará o número de crianças com até 14 anos. Isso significa que serão 41,5 milhões de idosos, ou seja, cerca de 18% da população.

Prevenção da sarcopenia com exercícios

A prevenção da sarcopenia deve começar antes dos 40, pois dessa forma se cria uma espécie de poupança muscular importante caso a doença se manifeste. Apesar dos treinos aeróbicos e caminhadas ajudarem, é necessário também investir em exercícios de força, como musculação. Isso porque as contrações causadas pela resistência de aparelhos e equipamentos formam microlesões musculares e, por consequência, o ganho de massa muscular.

No entanto, nem sempre apenas os exercícios são o bastante para retardar a sarcopenia, principalmente em pessoas com idades mais avançadas. Por esse motivo, é necessário a junção de exercícios e suplementação.

Melhores suplementos para ganhar massa muscular

Extima: esse suplemento tem a missão de ajudar na prevenção da perda de massa muscular com o avançar da idade. Produzido pelo laboratório brasileiro Apsen, a Extima reúne aminoácidos essenciais para os músculos que não são adquiridos facilmente via alimentação. Entre esses aminoácidos, está a leucina, que é uma fonte de energia durante atividades e exercícios físicos. O novo produto da Apsen pode ser comprado em formato de sachês e consumido com água e leite.

Creatina: um dos suplementos mais consumidos entre os atletas e praticantes de
musculação no mundo todo. Diversas pesquisas apontam que a creatina é essencial para treinos explosivos e de alta intensidade. Outros benefícios da creatina estão relacionados com o aumento do ganho de força, perda de gordura e a melhora no desempenho em tiros e resistência.

BCAA: muito popular entre os praticantes de musculação devido aos seus benefícios que incluem: menos dores, redução de lesões musculares e menor fadiga. É possível comprar BCAA em duas formas, tanto em pó quanto em cápsulas. Além disso, esse suplemento é comercializado em diversos sabores - entre eles abacaxi, doce azedo, cereja preta, fruit punch, gelo ártico, limão, entre outros.

Beta alanina: um suplemento beta-aminoácido não proteinogênico que ajuda a combater a fadiga, melhora a performance esportiva, regula a acidez do tecido muscular e auxilia contra danos oxidativos. Você pode consumir a beta alanina em pó e cápsulas.

ZMA: O ZMA é um suplemento complementar que contém vários sais minerais e componentes que aumentam a síntese de testosterona no organismo. A sua composição é feita a partir do magnésio, zinco, vitamina B6 e aspartato. Todas essas substâncias são responsáveis por aumentar a produção de testosterona.

Whey protein: famoso entre os atletas e praticantes de musculação, o Whey protein é um suplemento proteico produzido com proteína extraída do soro do leite. Além de seus benefícios para o ganho de massa muscular, esse suplemento pode ser benéfico para combater algumas doenças como a asma, ajuda a controlar a pressão arterial e a controlar a glicose.

Divulgação - Massa magra não é útil apenas na questão de estética, mas também de saúde
Massa magra não é útil apenas na questão de estética, mas também de saúde


Divulgação
Bem-Estar
+ VEJA TAMBÉM