23 de Fevereiro de 2020
17º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Morador de Cruzália morre com suspeita de dengue hemorrágica

João Garcia de Oliveira tinha 84 anos e foi internado na quinta-feira, 30 de janeiro

Um morador do Jardim Santo Ângelo morreu com suspeita de dengue em Cruzália. João Garcia de Oliveira tinha 84 anos de idade e faleceu no domingo, 2 de fevereiro.

De acordo com o filho do paciente, Dailson João de Oliveira, seu pai passou mal na quinta-feira, quando foi socorrido pela família até a Unidade Básica de Saúde do município.

"Meu pai morreu devido às complicações causadas pela dengue e há suspeita de que seja hemorrágica. Perdi meu pai e não quero correr o risco de perder mais alguém da minha família. É preciso que sejam tomadas providências para conter essa doença, pois há na cidade outros casos. Não basta apenas falar, as pessoas precisam se prevenir", afirma.

Arquivo Pessoal - João Garcia de Oliveira tinha 84 anos
João Garcia de Oliveira tinha 84 anos


Procurada pela reportagem do AssisCity, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Cruzália emitiu a seguinte nota:

"A morte do paciente não foi confirmada por dengue hemorrágica. Ele foi atendido na quinta-feira, 30 de janeiro, na Unidade Básica de Saúde, com sintomas de dores da região pélvica e febre e foi encaminhado ao Pronto Socorro do município de Maracaí, onde veio a óbito no dia 02 de fevereiro. O município ainda aguarda os resultados dos exames que atestam a causa da morte".

A prefeitura informou ainda que até o final da tarde desta terça-feira, 4 de fevereiro, Cruzália tinha 11 casos suspeitos de dengue e 3 casos confirmados.

A nota afirma também que o Departamento Municipal de Saúde intensificou as ações de prevenção no combate à Dengue, realizando visitas diariamente, inclusive em horários especiais, para que os imóveis que se encontram fechados durante horário comercial também possam ser vistoriados.

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM