05 de Abril de 2020
17º/30º
NOTÍCIAS » BRASIL

Governo de SP proíbe visita de adolescentes, crianças e idosos a presídios a partir deste fim de semana

Pelas novas regras, cada preso poderá receber apenas um visitante por fim de semana. Visitas estão suspensas nas 4 unidades onde ocorreram rebeliões na segunda

A Secretaria Estadual da Administração Penitenciária (SAP) decidiu nesta quinta-feira (19) proibir a visita de crianças e adolescentes e de pessoas acima de 60 anos a presos de todas as 176 unidades prisionais do estado de São Paulo. A medida faz parte do conjunto de normas do governo estadual para combater o coronavírus e já começa a valer a partir deste fim de semana, segundo a resolução publicada no Diário Oficial do Estado.

Pelas novas regras, cada preso poderá receber apenas um visitante por fim de semana. Até a semana passada, era permitida a visita de dois adultos por preso e a entrada de crianças era liberada e não contabilizada no rol de visitantes.

Visitantes com sintomas de enfermidade seguem sem poder entrar nas unidades prisionais. As visitas ocorrem das 8h às 16h, aos sábados e domingos.

De acordo com a SAP, as visitas às quatro unidades do regime semiaberto onde houve rebeliões na segunda-feira (16) estão suspensas para a "reorganização interna" desses locais. As rebeliões foram registradas em Mongaguá, Porto Feliz, Tremembé e Mirandópolis, onde 1.379 presos fugiram e 724 foram recapturados até esta quinta-feira, segundo a secretaria.

As regras especiais para visitas aos presos de São Paulo para combater o coronavírus são as seguintes:

- Cada preso poderá receber apenas 1 visitante por fim de semana;
- Está proibido o ingresso de menores de idade, acima de 60 anos ou de pessoa que se enquadre nos demais casos do grupo de risco definido pelos órgãos de saúde;
- A exemplo do que já foi feito no final de semana passado, os visitantes continuam a passar por triagem na entrada: aqueles com sintomas de enfermidades não poderão entrar.

G1
+ VEJA TAMBÉM