03 de Abril de 2020
17º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Procon de Assis orienta sobre possíveis preços abusivos do álcool em gel

Coordenadora afirma que já foram registradas quatro denúncias no município

O Procon de Assis está orientando os consumidores sobre possíveis casos de preços abusivos do álcool em gel no mercado local. De acordo com a coordenadora Daniela Batista, até o momento há quatro denúncias formalizadas na cidade, registradas nesta quinta e sexta-feira, dias 19 e 20 de março.

A coordenadora explica que, para evitar o contágio do Coronavírus e seguindo as recomendações das autoridades de saúde, as fiscalizações não serão feitas no local.

"Estamos diante de um risco de contaminação de todos inclusive dos fiscais e por isso as denúncias serão feitas virtualmente neste momento. Estamos notificando oficial as empresas denunciadas para que apresentem justificativa do aumento abusivo de preço. Alguns comerciantes estão alegando que o preço do produto aumentou na fábrica. Caso seja constatado que essa informação procede, a fábrica será notificada. Mas caso o comerciante não apresente comprovação dessa justificativa, é o estabelecimento que será autuado", explica.

Segundo Daniela, os consumidores podem fazer as denúncias diretamente ao Procon e devem seguir algumas orientações.

"Os consumidores que perceberem um aumento abusivo nos preços do álcool em gel e também de outros produtos, podem entrar em contato com o PROCON através do 0800 7703633 ou [email protected] para denunciarem. É muito importante que o local seja identificado corretamente, para que possamos fazer a notificação do estabelecimento, caso necessário", afirma.

Daniela ressalta que existem diversos produtos que são cotados em dólar, por serem importados. Diante do quadro difícil da economia mundial atualmente, a variação de valores é esperada, mas há limites.

"Queremos deixar claro que não fazermos a fiscalização in loco não significa que as providências não serão tomadas. As empresas são notificadas pelo Correio, com aviso de recebimento e tudo isso será documentado", salienta.

A coordenadora informa que as denúncias no Procon de Assis estão sendo feitas pelos sites do Procon SP e também do portal do Consumidor.

"Nós adotamos essa alternativa para que as pessoas não fiquem nas filas e evitem aglomerações. Alguns canais de atendimento estão suspensos, especialmente aqueles com sede em São Paulo, mas vamos dar esse retorno aos consumidores. Através destes dois canais é possível dar andamento ao processo e tomar as devidas providências É importante que sejam enviados em anexo os documentos ou fotos que o consumidor possa ter relacionadas ao problema, como notas fiscais, recibos e contratos", finaliza.

Para registrar sua reclamação acesse www.procon.sp.gov.br ou www.consumidor.gov.br.

Redação AssisCity/ Fotos: Divulgação
+ VEJA TAMBÉM