24 de Novembro de 2020
20º/30º
ENTRETENIMENTO » BLOG

Alimentação funcional, meditação e yoga ajudam na saúde da terceira idade

A medicina integrativa tem o papel de aliar todas a terapias complementares

Com foco na qualidade de vida e bem estar das pessoas, a medicina integrativa, que alia as diversas abordagens terapêuticas como forma de garantir a saúde contínua do paciente, vem sendo cada vez mais utilizadas junto aos idosos. Para a médica geriatra, Simone Henriques, este conceito ajuda a preencher uma lacuna que a medicina tradicional deixa de cobrir. Ela pretende incluir, dentre das atividades dos hóspedes do Residencial, a meditação e a prática de yoga.

O conceito vem sendo implantado junto aos hóspedes do Residencial Club Leger. Nesta primeira etapa, estão sendo introduzidos alimentos funcionais, ou seja, aqueles que ajudam a diminuir o colesterol e inflamações.

"A medicina integrativa tem o papel de aliar todas a terapias complementares no intuito de promover a qualidade de vida, e não apenas a doença em si. Caso a pessoa tenha alguma doença específica, a integrativa acaba auxiliando em todo o processo terapêutico, ajudando no controle das doenças crônicas. Temos, com isso, uma ação mais preventiva" explica a Dra. Simone Henriques.

Ela destaca que é comum as pessoas reclamarem de mal estar mesmo com os exames médicos não registrando qualquer problema. Neste caso, a medicina integrativa buscaria entender o estilo de vida do paciente, buscando o modelo de alimentação mais adequado, dados psicológicos e demais informações para evitar doenças futuras.
Divulgação
Bem-Estar
+ VEJA TAMBÉM