21 de Maio de 2022
20º/30º
Entretenimento - Blog

Dicas de produtinhos para serem usados durante tratamento com Roacutan

Oi gente, tudo bem? Hoje falarei sobre a minha experiência com o remédio Roacutan, também conhecido como Isotretinoína. Sim, esse blog é sobre moda, mas hoje em dia moda e beleza se fundiram e tudo o que falarei aqui está relacionado à beleza e à estética.

Pra quem não sabe, Roacutan é um remédio ácido usado para tratamento de acne severa, ou rosácea, ou seja, Roacutan é para as pessoas que realmente possuem problemas com espinhas, não pra quem possui uma espinha ou outra, ok?!

O remédio também é usado em tratamento de quimioterapia em certos tipos de câncer (tá aí a prova de que este remédio não é brincadeira), e vale lembrar que é extremamente proibido uso deste medicamento durante a gravidez. Enfim, não estou aqui para bancar a médica, vamos à minha experiência...

Acredito que minhas espinhas começaram aparecer de verdade quando tinha 14 anos e geralmente aparecia uma ou outra em algumas partes do rosto, sempre no rosto, quando estava perto do meu período menstrual, o que acontece com quase todas as mulheres, acredito. Mas, o problema é que elas começaram a se multiplicar.

Minha pele sempre foi oleosa, o que prejudica mais ainda quando se tem acne. Passar maquiagem não adiantava mais, pois não há cobertura que cubra tantas espinhas quando se tem uma pele tão oleosa. Eu acredito, inclusive, que pele com acne não se deve passar muita maquiagem, pois, além de deixar feio, inflama e seu rosto ficará ainda mais vermelho depois.

A acne realmente estava me incomodando e então decidi ir atrás de algum remédio que ajudasse. Fui a alguns médicos pedir para usar Roacutan, mas na época não autorizaram, pois os médicos alegavam que ainda não possuía acne de terceiro grau, tipo de acne indicado para usar o remédio. Mas, eu tinha! A única diferença é que acne de terceiro grau é considerada quando espalhada por todo corpo ou várias partes, enquanto a minha se concentrava no rosto. Enfim, encontrei um médico que aceitou me passar o remédio! Mas, quero frisar que o remédio não é para qualquer um, por mais que eu tenha ido atrás, minhas espinhas eram realmente terríveis, fiz tratamentos com ácidos e antibióticos antes de usar o Roacutan, pois é indicado que você tente DE TUDO, e use o remédio só se os procedimentos estéticos anteriores não adiantarem.

Por que este remédio é tão perigoso? Por ser muito forte, o remédio possui muitos efeitos colaterais, é prejudicial ao fígado, principalmente, e também há muitos processos contra o medicamento por causa de doença inflamatória intestinal em muitas pessoas após o uso. Fora isso, também tem os efeitos mais "básicos" como boca e nariz extremamente secos (chega rachar e sangrar), inclusive olhos, quem usa lente de contatos deve dar um tempo enquanto toma o remédio (tive problemas com a córnea). Ah, e álcool é extremamente proibido durante o tratamento! Claro que tem gente que bebe e não cumpre tudo que o tratamento pede, mas tudo vai do organismo da pessoa.

Depois que terminei o tratamento ganhei uma bela gastrite, mas nem todos são assim. Geralmente quem bebe durante o tratamento acaba não tendo os melhores resultados finais, pois o álcool corta o efeito do remédio e isso pode fazer com que as acnes voltem um tempo depois.

Bom, chega de papo, vamos aos produtos! Indicarei pra vocês todos os produtos que foram indispensáveis para mim durante meus 9 meses de tratamento:

1 - Meu primeiro salvador foi o Cicaplast, da La Roche-Posay. É uma pomadinha indicada para queimaduras, rachaduras, manchas, entre essas coisas. A marca também possui um Cicaplast próprio para boca, mas optei pelo BAUME B5, pois não serão apenas as bocas que gritarão por hidratação. Usei o meu durante 9 meses e ainda não acabou, vale a pena o investimento!



2 - Protetor solar é indispensável durante o tratamento, principalmente por ser proibido tomar sol. Optei por esse da La Roche-Posay, especial para pele oleosa com tendência à acne e com base (êêêê)! Usar protetor solar com base é uma ótima dica para quem possui acne, a cobertura não é perfeita, mas não deixa a pele nojenta como a base.



3 - Os meses foram passando e com isso todo o corpo vai ficando muito seco, minha pele é muito sensível e minhas pernas começaram a rachar, e então encontrei o creme de ureia da La Roche-Posay perfeito para hidratação do corpo. Confesso que não gosto do cheiro, mas compensa pela hidratação de longa duração real.



4 - Já faz alguns anos que uso lente de contato e quando comecei o tratamento estava sendo acompanhada pela minha oftalmologista. O colírio que ela me indicou para usar durante o tratamento foi o Hylo Gel, e o que eu continuo usando quando parei com o Roacutan é o Systane. O Hylo é muito melhor, sem dúvidas, mas seu preço é beeem salgadinho, portanto o Systane quebra o galho! Vale lembrar que mesmo usando o melhor colírio, tive uma lesão na córnea por falta de lubrificação, o que trouxe um bom preju com remedinhos e me afastou da lente por alguns meses.



5 - Por último, mas não menos importante, vem a água termal. Por ser rica em mineiras antioxidantes ela penetra na pele hidratando-a e deixando mais calma, sem vermelhidão.



Meu antes e depois:



Bom galera, esses foram os produtinhos que me salvaram nos efeitos colaterais do tratamento. Espero que tenham gostado do post, eu sempre senti que deveria compartilhar essa minha experiência principalmente para provar para as pessoas que espinhas acontecem mesmo e que podemos acabar com elas se tratarmos! Pode ser que eu tenha esquecido alguma coisa, mas qualquer dúvida ou curiosidade é só deixar nos comentários e eu responderei cada um de vocês. Beijos e até mais! :*
Larissa Reigato
Nascida em Assis, em 1998, 100% ariana, feliz, sincera, e determinada. Apaixonada por escrever, filmes, músicas, fotografia, dança, moda e comida. Estudante de moda por amor e disposta a trazer o melhor da moda e afins para este novo cantinho.
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM