25 de Janeiro de 2022
20º/30º
Entretenimento - Blog

O que você precisa saber sobre harmonização facial

Descubra se a proximidade do verão pode atrapalhar na recuperação pós-procedimento

A harmonização facial é um procedimento estético que mexeu com o padrão de beleza nas redes sociais e é um dos termos mais buscados na internet nos últimos dois anos. Toda essa popularidade atende o público que busca uma forma imediata de mexer na aparência para deixar as linhas do rosto mais harmônicas e simétricas. O procedimento faz sucesso não apenas entre os famosos, mas também para quem leva a vida longe dos holofotes.

Com a proximidade do verão, surge a dúvida se esse é o melhor momento para realizar o procedimento estético, uma vez que pode provocar inchaço e a necessidade de repouso por alguns dias. Mas, por se tratar de um procedimento não invasivo, a recuperação é mais rápida e tranquila, que um procedimento cirúrgico, e pode ser realizado em qualquer época do ano.

O Doutor Willian Ortega, cirurgião dentista especialista em harmonização facial, esclarece 5 mitos comuns sobre o tratamento.

1) A Harmonização facial envolve cirurgia plástica?

A harmonização facial é um tratamento estético que utiliza uma combinação de várias técnicas de preenchimento, como fios de PDO, bioestimuladores de colágeno e toxina botulínica. Esses procedimentos são considerados minimamente invasivos, realizados apenas com agulhas. Aí está um dos grandes apelos da harmonização, a falta de cortes, e por consequência, a recuperação rápida e menos dolorosa.

2) Os efeitos do tratamento são permanentes?

Os produtos injetados durante o tratamento são completamente absorvíveis, e fazem efeito na pele durante um período de 6 meses, para a toxina botulínica e de 12 a 18 meses para outros preenchedores, antes de "desaparecerem". Assim, o rosto retorna ao seu estado natural, podendo repetir ou não as aplicações.

3) A pele ficará muito esticada e inflexível?

O efeito do rosto excessivamente esticado é comumente visto em casos de cirurgia plástica, onde a pele é, literalmente, esticada. Na harmonização facial, apenas são preenchidos pontos estratégicos da face, proporcionando uma aparência natural.

4) Pessoas mais jovens não precisam de procedimentos estéticos?

Atendo em meu consultório vários jovens que buscam desde uma correção no nariz, formato do rosto até queixas sobre o sorriso ou linhas de expressão. A aparição dessas linhas varia muito de pessoa para pessoa, para algumas pode acontecer aos 20 anos, enquanto para outras depois dos 30. Meu conselho para os pacientes, é buscar o tratamento quando as marcas estiverem aparentes no rosto em repouso.

5) O rosto pode perder a sensibilidade após as injeções?

Durante o procedimento pode haver alterações da sensibilidade, já que algumas formulações com ácido hialurônico contêm anestésico local para deixar sua aplicação mais confortável. Porém o efeito é temporário, e não causa nenhum dano ao sistema nervoso.
Redação AssisCity
Bem-Estar
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM