15 de Agosto de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

160 milhões de ais

COLUNISTA - Magali Nascimento

Divulgação


Imagino que esta afirmação chamou sua atenção. Ela representa a estimativa de brasileiros que, em algum momento de suas vidas, sofreram com dores nos pés. Tenho certeza que você conhece alguém nesta situação. Talvez, seus pés estejam lhe incomodando neste exato momento.

É difícil conviver com dores podais: elas limitam movimentos, nos estressam e diminuem nosso entusiasmo pra um monte de coisas. Podem refletir em outras partes do corpo. Ou causar inflamações e infecções. Têm o poder de acabar com seu dia.

Em nosso bate-papo desta semana, quero chamar sua atenção sobre três problemas relacionados aos pés.

As temidas e muito doloridas unhas encravadas, são aquelas que crescem desordenadamente e invadem os cantos dos dedos. São causadas por uso de sapatos apertados, suor excessivo, prática de esportes, traumas ou sobrepeso. Entretanto, o maior vilão, quando falamos de unhas encravadas, é o corte incorreto. Sim, é verdade, cortar as unhas de forma errada é um mau negócio.

A podologia vai corrigir o corte, reordenar o correto crescimento, higienizar, eliminar vírus e bactérias que se alojam na região, com uso de ácidos próprios e tratamentos a laser. Inclusive nas mãos, se preciso, afinal o profissional da podologia também é habilitado para este tipo de tratamento nas mãos (interessante, né?).

Divulgação - Unha da mão encravada - Foto: Magali Nascimento
Unha da mão encravada - Foto: Magali Nascimento


Com certeza, você já ouviu falar, ou pior, sentiu, calos (ponto de pressão pequenos e localizados), ou calosidades (maiores, e sem formatos específicos) nos pés. São causadas por atrito e pressão com os calçados, períodos longos na mesma posição, sobrepeso, pisada desigual, prática de esportes, entre outros. Calos e calosidades doem. Jamais utilize tesouras, alicates ou agulhas para furá-los.

Um tratamento podológico fará o correto diagnóstico e a remoção, com lixas, ácidos e lâminas de bisturi descartáveis, de acordo com o grau da lesão, além de fornecer orientações de como evitar o retorno de calos e calosidades. E, o principal, vai acabar com as dores.

Divulgação - Calosidade antes e depois - Foto: Magali Nascimento
Calosidade antes e depois - Foto: Magali Nascimento

Divulgação - Calos antes e depois - Foto: Magali Nascimento
Calos antes e depois - Foto: Magali Nascimento


Por último, quero falar sobre algo que talvez não cause dor física, mas destrói nossa autoestima: as micoses nas unhas. Me lembro de um paciente, em especial, que não usava chinelos em público. Tais micoses se caracterizam pela ação de fungos, que se alimentam da queratina (uma proteína presente nas unhas) e gostam de ambientes quentes úmidos, e fechados, como nossos pés. Causam descoloração, engrossamento, má formação escamação ou queda de unhas.

As micoses serão eliminadas em sessões de fototerapia com laser, aliadas à correção do corte, higienização constante, utilização de cremes e colocação de órteses, pequenas estruturas metálicas utilizadas para abertura das unhas. É um tratamento longo, mas eficaz, se seguido corretamente. Ah, aquele paciente, que citei acima, voltou a usar chinelos .

Divulgação - Micose antes e durante o tratamento - Foto: Magali Nascimento
Micose antes e durante o tratamento - Foto: Magali Nascimento

Divulgação - Unha encravada antes e depois - Foto: Magali Nascimento
Unha encravada antes e depois - Foto: Magali Nascimento


As imagens que mostramos tiveram seu uso autorizado pelos pacientes, e não representam, em hipótese alguma, garantia de resultado. Cada ser humano tem características anatômicas e fisiológicas únicas.

Procure sempre uma Podóloga especializada. Além da formação acadêmica, ela utilizará instrumentos esterilizados e equipamentos adequados, adotará procedimentos indolores, sempre que possível, e seguirá as regras do Código de Ética do Profissional Biomédico.

Chega de dizer 'ai' por causa de problemas nos pés.

Na próxima semana, falaremos sobre pés diabéticos.

Até lá, beijo!

Divulgação - Magali Nascimento, Podóloga - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
Magali Nascimento, Podóloga - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal


Serviço
Podóloga Magali Nascimento
WhatsApp: (18) 99735-8952
Instagram: @podomagalinascimento
Facebook: Podóloga Magali Nascimento
Divulgação - Magali Nascimento
Magali Nascimento
Podóloga há 10 anos. Técnica em Podologia, pelo SENAC Marília, graduanda em Tecnologia em Podologia pela Unicesumar. Certificada e especialista em knesiopodo, correção de unhas, onicomicose, laser aplicado à Podologia, ácidos e peeling e tratamento de pés diabéticos,
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM