02 de Julho de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Tem vírgula e ponto.

COLUNISTA - Michelle Orsi

*Por Michelle Orsi*

Estamos na Era da tecnologia, todo mundo com um smartphone na mão, "Zap Zap" para cá, SMS para lá, vídeos, fotos, emoticons, conversas formais e informais. No entanto, parece que todo esse avanço tecnológico está nos desviando da comunicação, algumas mensagens até parecem nos levar a Era primitiva, com diálogos cheios de desenhos e outras, pior, transformam humanos pacíficos em assassinos em série - "Vou ali comer gente.". Você para, lê, lê de novo...

Já reparou em quantas mensagens chegam com a pontuação errada ou até mesmo escondida? Quando se trata da vírgula então...melhor deixar para lá. Essas frases, que surgem diariamente nas telas de nossos celulares, até parecem inofensivas, mas não são. Dependendo do erro na pontuação, a pessoa pode se complicar profissionalmente.

Olha como a situação é esquisita. Você, na sua casa, no sofá, chega a seguinte mensagem: "Vendo meninas, aceito cartão.", sorte que o "zap zap" veio acompanhado da imagem de um vestido. E no supermercado, você já se deparou com essa frase: "Proibido no local fumar animais sem camisa"; sentiu o drama? Fica pior: "Proibido bicicletas fumar cães". Eu avisei que ficava pior.

Divulgação - Michelle Orsi, empresária e professora de língua portuguesa - Foto: Divulgação
Michelle Orsi, empresária e professora de língua portuguesa - Foto: Divulgação


Agora, nada se compara ao uso da exclamação. Essa pontuação ninguém esquece. Ela é tão querida, mas tão querida pelos brasileiros, que chega a ser exagerado o seu uso - "Oii!!! Bom dia!!!!", quem nunca recebeu um bom dia tão caloroso assim?! Se estiver apaixonado ou apaixonada, aí a exclamação é usada sem nenhuma moderação, mas termina o relacionamento para ver, nem ponto final você recebe.

O vício de ignorar uma pontuação e exagerar na outra já está tão enraizado que encontramos cartazes, panfletos e outros informativos que nos levam ao jogo do "se vira nos 30" da comunicação contemporânea, a pessoa escreve de qualquer jeito, esconde toda a pontuação, e você que se vire para compreender. E assim vamos seguindo, você desse lado tentando entender o vazio das interrogações e reticências, e eu aqui, do outro lado, tentando lhe convencer que tem as vírgulas e o ponto. Mas como a fome já bateu, vou ali comer, gente. Até a próxima.

Serviço
Michelle Orsi - Redação
Avenida Marechal Deodoro, 751, Centro
WhatsApp: (18) 99623-9832
Instagram: @miorsiredacao
Divulgação - Michele Orsi
Michelle Orsi
Empresária, professora de língua portuguesa, formada pela UNESP/Assis, mestre em redação e especialista no ensino e correção de redação.
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM