07 de Dezembro de 2022
20º/30º
Entretenimento - Comportamento

10 mitos e verdades sobre o uso de chapinha

Descubra a seguir quais são os mitos e as verdades a respeito do uso da chapinha nos fios de cabelo

Uma grande parte da autoestima feminina é decorrente dos cabelos. Apesar de não existir regra quando se trata de aparência, a maioria das mulheres adora cuidar do visual dos fios.

Sejam naturais ou com tratamento químico, lisos ou ondulados, longos ou curtos, os cabelos exigem dedicação e bons produtos para que a aparência fique sempre impecável.

Um dos maiores aliados das mulheres nesse quesito é a chapinha! Desde a produção para o trabalho ou para a faculdade e até para saídas casuais com amigos e pretendentes, esse equipamento é muito usado!

Existem mulheres, inclusive, que utilizam todos os dias a chapinha nos fios, não sabem viver sem e sequer conseguem reconhecer a própria imagem sem ter feito a famosa prancha.

Apesar de popular, há, ainda, muitos mitos acerca da utilização do equipamento que podem gerar confusão em algumas pessoas.

Pensando nisso, reunimos a seguir uma lista com os maiores mitos e verdades sobre o uso da chapinha nas madeixas. Confira abaixo para nunca mais errar!

Usar chapinha sempre é prejudicial aos fios
MITO - Quando a chapinha é utilizada na temperatura adequada, ou seja, com no máximo 190° C e com a aplicação correta de protetores térmicos, não há qualquer agressão ao cabelo.

O que costuma acontecer é que quem faz o uso diário muitas vezes se esquece de proteger os fios e é por essa razão que tanto eles quanto o couro cabeludo ficam enfraquecidos e prejudicados.

É necessário secar o cabelo antes de utilizar a prancha
VERDADE - Quando os cabelos foram previamente secos com o secador, a água é impedida de entrar em contato com a prancha quente, o que danifica e queima os cabelos. Nunca se esqueça desse cuidado prévio!

Quem tem cabelos muito finos não pode fazer uso de chapinha
MITO - É importante destacar que qualquer tipo de cabelo pode usar chapinha. Contudo, para os cabelos mais finos, a recomendação é que se utilize o aparelho com uma temperatura mais baixa, em torno de 150°C.

Para os cabelos com tintura, a regra é a mesma, evitando, assim, o desbotamento precoce dos fios.

A prancha queima o couro cabeludo
VERDADE - Para a tarefa de alisar os cabelos com a prancha, todo o cuidado do mundo ainda é pouco!

Pode parecer exagero, mas é essencial que você mantenha o aparelho a pelo menos 3 centímetros de distância do couro cabeludo para que ele não queime e te machuque.

Crianças podem usar a chapinha sem qualquer tipo de problema
MITO - A chapinha é um aparelho muito agressivo ao couro cabeludo. Se até os adultos correm riscos de queimaduras, imaginem as crianças!

Como os fios ainda estão em fase de transformação nessa fase da vida, são ainda mais frágeis do que o de pessoas mais velhas. Por isso, mesmo que alguma criança peça muito para utilizar a prancha, não devemos permitir, para o próprio bem dela!

O protetor térmico é essencial
VERDADE - Como você já deve imaginar nessa altura do texto, essa afirmativa é verdade.

O protetor térmico tem a capacidade de formar uma partícula de silicone que protege os fios do superaquecimento, evitando futuros danos.

Usar a chapinha todos os dias deixa o cabelo ressecado e sem brilho
MITO - Como já falamos diversas vezes, com o uso de protetores térmicos, os prejuízos aos fios são praticamente nulos e o visual não parecerá ressecado e sem brilho, mas sim hidratado, luminoso e bem cuidado!

É necessário passar a chapinha devagar para melhorar o alisamento
VERDADE - Quando o manuseio é feito por profissional, costuma ser bem seguro. Já no uso doméstico, é preciso redobrar a atenção para que os fios não sejam queimados e, obviamente, danificados.

Por isso, tanto para que o resultado fique mais bonito quanto para que a saúde se mantenha em dia, deve-se tentar passar a chapinha de maneira bem devagar.

Produtos termoativados são a mesma coisa do que protetor térmico
MITO - Os produtos termoativados e os protetores térmicos são coisas diferentes, com funções diversas entre si.

Como já mencionado, os protetores térmicos têm como objetivo proteger os fios das grandes temperaturas decorrentes de secadores e de chapinhas.

Por outro lado, os produtos termoativados são cosméticos que só entram em ação quando há influência do calor, já que é ele quem ativa as substâncias presentes na formulação.

Existem diferenças entre chapinhas de metal e de cerâmica
VERDADE - Os aparelhos feitos em metal possuem alguns riscos, pois alcançam temperaturas muito elevadas. Por outro lado, as chapinhas feitas de cerâmica conseguem manter a temperatura mais estável.

Além de se atentar a tudo o que foi aqui falado, invista em uma prancha de qualidade, como as da MQ Hair para que seu cabelo permaneça sempre lindo e saudável!
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM