25 de Novembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » DESTAQUE

Atividade física com alimentação balanceada colaboram para a prevenção de doenças cardiovasculares

As doenças cardiovasculares são as principais causas de mortes no mundo


Nas últimas décadas houve uma melhora substancial nos resultados de doenças cardiovasculares como infarto, AVC e doenças arteriais periféricas; mas essa continua sendo a principal causa de morbidade e morte no mundo. Nos Estados Unidos, é também a principal causa de morte com estimativa de custo de 200 bilhões de dólares anualmente em serviços de saúde, medicamentos e perda de produtividade. Grande parte deste desfecho desfavorável é atribuível à falta de estratégias de prevenção e controle dos fatores de risco cardiovasculares.

Os médicos da AssisCor ressaltam que uma dieta enfatizando a ingestão de vegetais, frutas, legumes, nozes, grãos integrais e peixe é recomendada para diminuir o risco cardiovascular.

O estudo PREDIMED (Prevenção com Dieta Mediterranea) demonstrou que a dieta mediterrânea suplementada com azeite virgem extra ou nozes promove reduções de 30% e 28%, respectivamente no infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral ou mortalidade cardiovascular.

divulgação


Os médicos lembram que uma comparação entre proteína vegetal e animal no estudo Adventist Health 2 indicou similarmente que a ingestão de carne animal foi associada a um aumento de 61% na mortalidade, enquanto que a substituição de carne por nozes e sementes foi associada a uma redução de 40% na taxa de mortalidade.

As evidências são variadas com relação à eficácia da ingestão de laticínios para reduzir os fatores de risco de doenças cardiovasculares por isso não está incluído nos alimentos listados para redução do risco cardiovascular.

Os médicos relatam que foi constatado que a redução de sódio na dieta reduz a pressão arterial e consequentemente mortalidade cardiovascular no estudo DASH. Do mesmo modo dados do National Health and Nutrition sugerem que alto consumo de sódio (> 2000 mg por dia), carne vermelha (> 14 g / d), bebidas açucaradas, açúcar e carne vermelha processada tem relação significativa com aumento de morte cardiovascular.

Estudo recente com profissionais de saúde dos EUA indicaram que a substituição de proteína animal (fonte de colesterol, gordura saturadas e ferro heme) por proteínas vegetais reduz a taxa de mortalidade cardiovascular. Nesse estudo, em comparação com proteínas vegetais, aves e peixes foram associados a uma taxa de mortalidade 6% maior, laticínios com uma taxa de mortalidade 8% maior, carne vermelha não processada taxa de 12% maior, ovos com uma taxa de mortalidade 19% maior e carne vermelha processada taxa de mortalidade 34% maior. No geral, proteína vegetal foi associada a uma redução na taxa de mortalidade de 10% para cada 3% de substituição de proteína animal.

divulgação - A Assiscor atende junto no Hospital Central da Santa Casa de Assis
A Assiscor atende junto no Hospital Central da Santa Casa de Assis


O aconselhamento da prática de atividade física em serviços de saúde têm importante papel complementar na promoção e prevenção da saúde cardiovascular.

Os médicos lembram que todos os adultos devem realizar pelo menos 150 minutos de atividade física aeróbica de intensidade moderada por semana ou 75 minutos por semana de exercícios aeróbicos de intensidade vigorosa para diminuir as chances de infarto, acidente vascular cerebral e doenças arteriais periféricas.

Os médicos ainda explicam que a redução de risco adicional é observada naqueles que alcançam maiores quantidades de atividade física aeróbica, em torno de 300 minutos por semana de atividade física aeróbica de intensidade moderada ou 150 minutos por semana de atividade física aeróbica de intensidade vigorosa.

Podemos citar exemplos de atividade física moderada como caminhada, natação recreativa, dança, yoga. Já natação para competição, tênis, corrida, jogging, bicicleta para competição são exemplos de atividade física de intensidade vigorosa.

As doenças cardiovasculares podem ser evitadas e prevenidas, mas é de suma importância o acompanhamento regular, aconselhamento e avaliação do seu médico antes da realização de atividade física.

A AssisCor funciona no Hospital Central da Santa Casa de Assis e atende particular e a diversos Convênios. Para mais informações e contato para agendamento de exames acesse ou ligue 18 3302-3378.
Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM