24 de Outubro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Campanha Setembro Amarelo engaja Etecs e Fatecs durante pandemia

Programação do CPS de palestras, webinares, hackathons e campanhas contribui na superação das adversidades impostas pelo isolamento

Setembro é mês de desacelerar para respirar e refletir. Essa foi a ideia do Centro de Valorização da Vida (CVV) quando instituiu a campanha Setembro Amarelo para prevenir o suicídio no Brasil há cinco anos. O Centro Paula Souza (CPS) se engajou na causa e todos os anos promove eventos para sensibilizar as comunidades das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatecs) sobre a urgência de promover a saúde mental.

Neste ano de pandemia, o desafio de preservar a saúde da mente e do corpo é ainda maior. Com uma agenda robusta de palestras, webinares, hackathons e capacitações, o CPS vem oferecendo uma programação para contribuir com alunos, servidores e professores na superação das adversidades impostas pelo isolamento.

A ações do Setembro Amarelo nas Etecs e Fatecs ocorrem principalmente no período da campanha, mas o CPS tem uma agenda anual sobre o tema. Para a assessora da superintendência do CPS Sônia Charpentier, manter uma programação permanente é uma forma eficiente de prevenção. "A preservação da saúde mental exige dos educadores uma postura vigilante e iniciativas de conscientização durante o ano todo”, afirma.

Conectados à vida

A Comissão de Gestão Participativa (CGP) formada por professores, orientadores educacionais e diretores do CPS implementou o programa Viver os Desafios e Oportunidade em 2020, no começo do ano, para estimular o diálogo com a comunidade. Entre as ações programadas do CPG, ocorreu no sábado (19) a maratona virtual Ideathon, realizada em parceria com a Inova CPS.

Outra iniciativa para aproximação com estudantes é a capacitações dos grêmios. Representantes da União Paulista dos Estudantes Secundaristas (UPES), União Municipal dos Estudantes de São Paulo (UMES) e Diretório Central dos Estudantes (DCE) participam e ajudam na divulgação de assuntos abordados nos eventos, como inteligência emocional, estresse, autoconhecimento, assédio moral e sexual, impacto das redes sociais nos relacionamentos, cuidados com o corpo e a mente, desemprego e mercado de trabalho.

Os temas dos encontros são escolhidos a partir de consulta aos alunos e a realização conta com parceria da Sociedade Brasileira de Psicanálise, do Instituto Ânima e Universidade São Judas Tadeu.

Para os professores, o CPS ofereceu a capacitação Competências Socioemocionais na Sala de Aula, nesta segunda-feira (21), pela plataforma Moodle. A realização contou com a parceria da organização social Arte Despertar.

A campanha Setembro Amarelo engajou as equipes que demonstraram muita criatividade em ações de conscientização. Vários jogos, postagens, murais virtuais, rodas de conversa e lives sobre saúde mental mantiveram os alunos conectados ao objetivo de refletir sobre suicídio e saúde mental.

A programação deste ano incluiu iniciativas originais, como o desenvolvimento de um aplicativo para fazer meditação (Etec Abdias do Nascimento) e uma ação de arrecadação de eletrônicos para ajudar estudantes durantes a pandemia (Etec Rio Grande da Serra). Confira no link tabela com outras atividades realizadas nas Etecs e Fatecs para a campanha.
Divulgação
+ VEJA TAMBÉM