28 de Novembro de 2021
20º/30º
Notícias - Educação

Educação Municipal segue protocolos e realiza testes de sondagem para COVID-19

Pais estão preocupados com as testagens positivas

A Secretaria Municipal Saúde em parceria com Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA), através dos alunos do curso de enfermagem, está realizando a testagem de reagentes virais nas escolas do município.

Alguns pais estão reclamando das ações tomadas após a testagem positiva nas escolas, como o caso da Emei 'O Pequeno Polegar', que segundo um pai de aluno, uma criança testou positivo e a escola seguiu com as aulas.

Em contato com a Secretária da Educação, Dulce Andrade, foi esclarecido que o teste realizado nas escolas é para rastreamento de infecção viral, afim de avaliar a exposição das crianças em relação à COVID-19, e que após o resultado alterado a criança é encaminhada para a unidade de saúde e aí sim realiza o teste sorológico.

"Nós estamos muito preocupados em seguir os protocolos de saúde, por isso com o distanciamento, possibilita num primeiro momento que as aulas sigam normalmente, sem a presença da criança no ambiente, até que a testagem seja concluída", esclareceu a secretária.

É importante ressaltar ainda a orientação para que os pais fiquem atentos a qualquer sintoma nas crianças ou nos outros moradores, que as mantenham em casa.

A secretária ressalta que nessa ação, dos 2.800 alunos testados no ensino fundamental, 26 apresentaram alterações no resultado do teste rápido, porém nenhum foi confirmado para COVID-19.

"Até o momento 430 crianças da educação infantil já foram testadas das quais três apresentaram alterações, foram encaminhadas para o sistema de saúde e aguardam o resultado", explicou.

Segundo a secretária, o teste não é de diagnóstico, a criança não frequenta a escola, por medida preventiva e a escola mantém todos os protocolos, entre eles, a higienização dos ambientes e objetos. "Sendo assim as atividades continuam normais na escola, fazendo o uso obrigatório de máscaras e álcool em gel e higienização das mãos", destacou.

A secretaria pede para que os pais continuem mantendo os cuidados e os protocolos fora da escola, que podem enviar seus filhos às aulas, exceto em casos que apresentem sintomas gripais, febre ou contato com pessoas doentes. "A escola está preparada para receber essas crianças no cenário de pandemia, por isso os pais podem confiar nas ações tomadas pelo município.", finalizou.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM