16 de Abril de 2021
20º/30º
Notícias - Educação

FEMA divulga resultados do PIC 2021

Neste ano, o PIC aprovou 76 projetos na modalidade individual e em grupo. Mais de 140 alunos enviaram propostas de trabalho para serem avaliadas.

A Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) divulgou, no dia 19 de fevereiro, o resultado das propostas de trabalhos contemplados com bolsa no Projeto de Iniciação Científica (PIC) 2021. Ao todo, foram recebidos 83 projetos, sendo que 07 deles acabaram indeferidos por falhas na inscrição. Dos 76 projetos aprovados, 31 projetos individuais foram contemplados com bolsa, enquanto que outros 18 projetos em grupo também receberão o incentivo.

O PIC, que tem como objetivo acrescentar conhecimento e experiências na vida acadêmica de alunos e professores, neste ano teve mais de 140 alunos
inscritos em 50 projetos nas modalidades individual - que contempla as inscrições em pares (um aluno com seu professor orientador) - e 26 em grupos de até 05 alunos, com o objetivo de estimular a interdisciplinaridade entre as graduações.

O resultado divulgado no último dia 19 de fevereiro de 2021 pode ser consultado pelo site da FEMA. Basta clicar em "Pesquisas" no menu principal, em seguida em "Iniciação Científica" e depois é só clicar em "Resultados 2021" para ter acesso à lista de classificados. No site, também é possível ter acesso à lista de espera. De acordo com o professor doutor Alex Poletto, vice-diretor do Instituto Municipal de Ensino Superior de Assis (IMESA) e coordenador da comissão responsável pelo PIC, "os trabalhos que estão na lista de espera também foram aprovados, mas infelizmente não tem bolsas para todos. Caso, o aluno e professor, optarem em comum acordo, podem realizar a pesquisa de maneira voluntária. Para isso, o orientador deverá solicitar a alteração para voluntário via E-COM direcionado ao Vice-diretor ", esclarece Poletto.

A FEMA acredita que investir em pesquisa é essencial para o desenvolvimento do país. "A pesquisa acadêmica tem o intuito de induzir o pensamento científico, além de promover a interdisciplinaridade, já que alunos de diferentes graduações desenvolvem e contribuem juntos para o mesmo objeto de estudo", fala Poletto. Com vigência de um ano, professores e alunos recebem 10 parcelas da bolsa, de março a dezembro. Os professores a recebem por meio da folha de pagamento e os alunos em desconto no boleto da mensalidade.

Os trabalhos desenvolvidos ao longo do ano devem ser apresentados no Fórum Científico da FEMA, e consequentemente publicados nos Anais do Fórum. Além disso, as pesquisas são submetidas para congressos e simpósios científicos de outras instituições, bem como os artigos podem ser publicados em sites de pesquisa, livros, anais de congressos e na revista Intelecto, uma revista científica online, produzida pelo IMESA/FEMA voltada para a arte, ciência e cultura.
Assessoria FEMA
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM