12 de Julho de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Projeto FEMARondon seleciona alunos de forma inédita

Por conta da pandemia de coronavírus e do distanciamento social, o processo seletivo dos novos alunos do projeto foi feito de forma virtual

Professores que fazem parte do projeto FEMARondon, da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA), realizaram de forma inédita o processo seletivo dos alunos para a próxima edição. Dessa vez, por conta do distanciamento social, como forma de prevenção ao coronavírus, a comissão decidiu por uma nova versão do projeto, o FEMARondon Conectados. Dessa forma, a seleção ocorreu por meio de reunião online realizada via plataforma institucional da FEMA, no dia 6 de junho.

Participaram da seleção alunos de vários cursos da FEMA e isso possibilitou a formação de um grupo com diferentes habilidades e conhecimentos, mas bastante coeso, de acordo com a professora Livia Basseto, uma das integrantes da comissão do FEMARondon, que tem ainda os docentes Jairo da Silva, Maria Angélica Marin, Osmar Machado, Paulo Sergio da Silva e Danielle Ferrarezi.

divulgação - A seleção ocorreu por meio de reunião online realizada via plataforma institucional da FEMA, no dia 6 de junho
A seleção ocorreu por meio de reunião online realizada via plataforma institucional da FEMA, no dia 6 de junho


Sobre o FEMARondon

O FEMARondon surgiu a partir de uma experiência com o Projeto Rondon nacional, que aconteceu em 2010 e foi criado pelo Ministério da Defesa, em parceria com os governos estaduais, municipais e instituições de ensino superior. A FEMA já esteve presente em 4 operações do projeto nacional, nos estados de Tocantins, Goiás, Pernambuco e Maranhão.

Desde o início do projeto na FEMA, mais de 150 alunos já participaram. É uma oportunidade para os alunos entrarem em contato com diversas realidades e desenvolver atividades práticas de empreendedorismo e cidadania, além de ser um diferencial no currículo acadêmico e pré-requisito básico para quem se interessar em participar do Projeto Rondon nacional.

O FEMARondon já foi realizado em várias cidades da região, como Porto Almeida (distrito de Cândido Mota), Ibirarema, Echaporã, Lutécia e Florínea. Estima-se que mais de 1500 pessoas já foram atendidas pelo projeto.

Assessoria FEMA
+ VEJA TAMBÉM