15 de Outubro de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Assisense percorre 197 km a pé em romaria para Aparecida do Norte

Mais de 21 mil romeiros passaram pela rodovia Presidente Dutra, entre o dia 1° e 11 de outubro

A tão famosa romaria em homenagem a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, é um dos grandes marcos para os fiéis da Igreja Católica que percorrem longas distâncias em gratidão à mãe de Jesus.

A jornalista e terapeuta prânica Ana Paula Gonçalves da Silva, de 42 anos, moradora de Assis é uma das fieis que esteve na romaria e percorreu em cinco dias 197 km a pé, até seu destino final, Aparecida do Norte, cidade paulista onde fica a Basílica Nacional de Aparecida.

Divulgação - Ana Paula Gonçalves da Silva percorreu 197 km a pé até Aparecida do Norte - Foto: Divulgação
Ana Paula Gonçalves da Silva percorreu 197 km a pé até Aparecida do Norte - Foto: Divulgação


Ana Paula se juntou a um grupo de romeiros pela primeira vez e percorreu um dos caminhos mais tradicionais, feito na Rodovia Presidente Dutra (BR - 116).

"O percurso é planejado com um ano de antecedência, pois o grupo conta com ônibus de apoio e reservas em hotéis da região. Mas, mesmo assim, muitas pessoas acabam indo por conta própria, dormindo em pontos de apoio, pois durante todo o trajeto as pessoas se ajudam. É um momento de muita união e compartilhamento", contou a jornalista.

Divulgação - Grupo percorre anualmente grandes distâncias para chegar ao destino final - Foto: Divulgação
Grupo percorre anualmente grandes distâncias para chegar ao destino final - Foto: Divulgação


Mesmo sem muito preparo físico a mulher seguiu e cumpriu o trajeto até seu destino final, no dia 10 de outubro. A jornalista explicou que no primeiro dia foram 54 km até Arujá - SP, depois mais 42 km, 38 km no terceiro dia, 36 km e mais 27 km no último dia.

"No trajeto o exercício da fé é colocado à prova pelo cansaço físico em vários momentos. Nessas horas pratiquei o que chamamos de atenção plena, que aprendi nos meus cursos de meditação", pontuou Ana Paula.

Divulgação - Romeira participou da peregrinação pela primeira vez - Foto: divulgação
Romeira participou da peregrinação pela primeira vez - Foto: divulgação


Os pontos de apoio montados por voluntários serviram o necessário aos romeiros: água, frutas, comida e assistência de saúde. "É muito lindo ver tanta união e fraternidade entre as pessoas. Não sabemos se vamos conseguir, apenas continuamos", completou a jornalista.

As dificuldades do caminho, dores e problemas físicos ficaram pequenos perto da fé da jornalista e seus companheiros de peregrinação.

"Tive apenas duas bolhas nos pés e acho que saí no lucro, pois muitas pessoas machucam muito os pés. Porém, esse sofrimento não se compara ao que muitas pessoas passaram nessa pandemia e só foram para agradecer as inúmeras graças alcançadas", contou Ana Paula.

Divulgação - Grupo percorreu a Rodovia Dutra para agradecer e homenagear Nossa Senhora Aparecida - Foto: Divulgação
Grupo percorreu a Rodovia Dutra para agradecer e homenagear Nossa Senhora Aparecida - Foto: Divulgação


Ana Paula agora descansa da jornada de cinco dias na estrada, mas o objetivo de peregrinar ainda não acabou. Ela pretende planejar as próximas em outros locais para registrar esses momentos e aprender muito com eles.

"Uma vez peregrino, sempre peregrino! Quem olha de fora nem sempre compreende o que é. O que posso garantir é que se trata de um mergulho profundo para dentro de si. Uma experiência fantástica de autoconhecimento", finalizou.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM