22 de Junho de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Aumenta procura por atendimento no Centro de Valorização da Vida durante a pandemia

Para aumentar a equipe de voluntários, estão abertas as inscrições para o curso preparatório

Cuidar do corpo e da mente são duas coisas fundamentais para o bem-estar do ser humano. Apesar disso, muitas pessoas, devido aos problemas do dia a dia, emocionais ou então traumas que já passaram ao longo da vida, necessitam de uma ajuda especial.

Com a necessidade de prestar ajuda, o Centro de Valorização da Vida (CVV) iniciou seus trabalhos nos anos 60. A iniciativa, sem fins lucrativos, procura atender e auxiliar e apoiar pessoas com objetivo de banir gatilhos emocionais e pensamentos suicidas, que muitos apresentam.

Desde o início da pandemia de COVID-19, e com a necessidade do isolamento social, muitas pessoas passaram a sofrem com essas questões psíquicas. Em Assis, uma das responsáveis pelo CVV é a Voluntária Rosana V, que em entrevista ao Portal AssisCity afirmou que os números de procura pelo serviço aumentou desde março do ano passado.

"Os números de pessoas que procuram nosso serviço cresceram. Nossa divulgação também aumentou e muitos começaram a nos procura pelo número de telefone 188, cuja ligação é gratuita", informou Rosana.

Devido à pandemia, os atendimentos são feitos apenas via telefone, chat ou e-mail. Atualmente, a ação conta com mais de 4.000 voluntários no Brasil e oito em Assis. Rosana informou que há espaço para novos voluntários, desde que tenham disponibilidade. É preciso fazer um curso preparatório e as inscrições já estão abertas e o curso terá início em 15 de maio.

"Qualquer pessoa maior de 18 anos com disponibilidade de pelo menos 4 horas por semana pode ser voluntário do programa CVV . É só se inscrever até às 15h do dia 14 de maio para o curso que iniciará no dia 15, pelo e-mail [email protected]" informa Rosana.

Quanto às avaliações, Rosana afirma que costuma receber feedbacks positivos de pessoas que procuraram ajuda. Segundo ela, é muito importante e gratificante esse reconhecimento.

"Existem pessoas que nos dão esse feedback, principalmente em datas como Natal e Ano Novo, porém, acontece em qualquer época do ano", finaliza.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM