19 de Outubro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Ciclista acidentada em Paraguaçu, em estado grave na UTI, mobiliza doadores de sangue

A família se emocionou ao ver a quantidade de pessoas envolvidas na causa

A mobilização de doação de sangue para a jovem de 26 anos, Dayane da Silva Gonçalves, lotou o hemocentro do Hospital Regional de Assis, na manhã desta quarta-feira, 14 de outubro. A jovem sofreu um acidente, na noite desta segunda-feira, 12 de outubro. Ela está na UTI em estado grave.

Dayane pedalava na Rodovia,quando um veículo ultrapassou um caminhão e ao voltar para a faixa foi atingido na traseira perdendo o controle e batendo em Dayane e em seu marido, David Goes. O marido de Dayane teve ferimentos leves e é um dos organizadores da ação de doação de sangue para a esposa.

Divulgação - Daiane da Silva Gonçalves, 26 anos
Daiane da Silva Gonçalves, 26 anos


Mislene, irmã de Dayane, conta que a emoção foi muito grande em saber que as pessoas se importam tanto com a vida da irmã."Nós trouxemos muitas pessoas de Paraguaçu, que queriam ajudar com a doação, pegamos nossos carros e viemos, não sei dizer a quantidade de pessoas que estavam presentes, pois além das que trouxemos, havia pessoas que foram por iniciativa própria, inclusive de Assis e Presidente Prudente, mas sei que as senhas iam até 50 e em um momento começou do zero de novo".

Divulgação - Hemocentro do Hospital Regional ficou lotado com a presença de doadores
Hemocentro do Hospital Regional ficou lotado com a presença de doadores


Após as divulgações nas redes sociais, a família não conseguiu atender a todos que queriam ajudar, por isso tiveram a ideia de criar um grupo no WhatsApp, para organizar a ação.

"Nós conseguimos uma van para trazer o pessoal de Paraguaçu para Assis, que sairá nesta quinta-feira, 15 de outubro, às 6h15, e já temos mais de 10 pessoas confirmadas. Eu só tenho a agradecer; a vida da minha irmã pode ser salva por essas pessoas e além de tudo não são doadores apenas do tipo sanguíneo dela, são de vários, e isso salvará a vida outras pessoas também", se emociona Mislene.

A família ainda estende os agradecimentos a Thiago Bazzo, que também precisou de doação de sangue e não mediu esforços para ajudar Dayane. "Ele sabe o que é passar por isso, então se ofereceu para ajudar a organizar o grupo. Além deles agradecemos ao Carlos e Andreza, que conseguiram a van para levar o pessoal".

Divulgação - Amigos e familiares apoiaram a causa de Daiane
Amigos e familiares apoiaram a causa de Daiane


Na tarde desta quarta-feira, 14, Mislene postou em suas redes sociais as informações sobre o quadro clínico de Dayane:

"Foi feito ontem, dia 13, uma laparoscopia no fígado, devido à hemorragia interna, constatada em exames. Houve uma perda média de dois litros de sangue, que a deixou bem debilitada. O procedimento para estancar o sangramento foi bem sucedido.

Após foi realizado um procedimento na perna direita, para posicionamento da tíbia. Ainda será necessário um procedimento cirúrgico para correção, juntamente com o braço direito.

Houve um trauma mais significativo na mão direita, a qual será necessário ser submetida à procedimento cirúrgico. No momento ela está na UTI, entubada, utilizando o mínimo da respiração mecânica, além da sedação. A pressão arterial está irregular, necessitando do uso de medicamentos para estabilização. Segundo a médica, o estado é grave."
Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM