25 de Janeiro de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Descarte de entulhos e outros materiais pode ser feito gratuitamente no Aterro de Inertes, em Assis

O serviço é gratuito e pode ser feito de segunda à sábado

É comum que os assisenses se deparem com cenas de descarte irregular de lixo, especialmente nas estradas rurais da região. Para evitar multas, além de problemas ambientais no município, a Prefeitura Municipal e a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SEAMA) informam a população que o descarte de materiais de construção e outros materiais, como móveis, podem ser feitos gratuitamente no Aterro de Inertes.

Fábio Nossack é o secretário responsável pela Pasta e explica como funciona.

"O Aterro de Inertes é o espaço adequado para o recebimento desse tipo de resíduo que muitas vezes são descartados em lugares inadequados, como restos de construção, tijolos, objetos de ferro como portões, além de outros itens, como sofás, colchões, cadeiras, móveis velhos e tudo o que a população não usa, mas muitas vezes não sabe para onde levar. Após a desinterdição do aterro, nós fizemos o zoneamento para que cada um desses materiais possa ser triado e preparado seu descarte da forma correta", afirma.

Além destes já citados, Fábio frisa que o descarte de massa verde também pode ser recebido no Aterro de Inertes, sendo colocado em um pátio de espera ao lado do aterro.

"Chamamos de massa verde esses materiais como galhos de árvores, restos de poda, grama, materiais de jardinagem e tudo o que seja relacionado à vegetação. Nós temos um espaço onde esses resíduos são triturados, colocados para a compostagem e posteriormente utilizados como adubo", salienta.

Quanto ao lixo orgânico, o secretário informou que esse tipo de material é levado para a área de transbordo, que também fica próxima ao Aterro e, posteriormente, levado para Quatá.

"Independente se for uma empresa de caçambas ou um munícipe, é realizado o trabalho de triagem para separar o que é material inerte e material orgânico. No caso dos munícipes, esse serviço é gratuito e pode ser realizado de segunda a sábado. Quanto às empresas, há uma taxa cobrada para a utilização do aterro, mas os materiais também são triados e, em caso de lixo orgânico, ele é levado para a área de transbordo, e posteriormente para Quatá, justamente para que não haja resíduo descartado no local errado", acrescenta.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente também já estuda, para o início do ano que vem, a implantação de uma Estação de Sustentabilidade.

"Nós oferecemos o serviço de descarte no Aterro de Inertes para os munícipes, mas ainda não temos condições de oferecer o transporte desse material. Por isso cada um tem que ir até o Distrito Industrial para fazer o descarte correto. Para facilitar o acesso, já estamos com uma projeção para o início do ano que vem de criarmos uma Estação de Sustentabilidade, onde a população poderá descartar esse tipo de material e posteriormente a Prefeitura irá recolher e fazer a baldeação até o Aterro. Tudo isso para darmos aos munícipes a opção de um descarte ambientalmente correto e que com certeza só trará benefícios para eles mesmos e para nossa cidade", conclui.

O Aterro de Inertes fica localizado no Distrito Industrial de Assis e o horário de funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 15h.


Aterro de Inertes de Assis


Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM