08 de Fevereiro de 2023
20º/30º
Notícias - Saúde

Estudante de fisioterapia da Fema diagnosticada com leucemia recebe homenagem de amigos na Santa Casa de Marília

Beatriz de Carvalho tem 23 anos, é de Cândido Mota e está no quinto ano do curso de fisioterapia em Assis. Ela foi surpreendida por amigos da faculdade com cartazes e palavras de carinho

Paciente da Santa Casa de Marília diagnosticada com leucemia mielóide aguda, a estudante Beatriz de Carvalho, de 23 anos, foi surpreendida por amigos da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) com uma linda homenagem.

Os jovens adentraram o hospital, com autorização prévia da Direção e surpreenderam Beatriz com cartazes e palavras de carinho. A emoção tomou conta da visita à paciente da Oncologia.

Divulgação - Beatriz de Carvalho - Foto: Divulgação
Beatriz de Carvalho - Foto: Divulgação


No quinto ano do curso de Fisioterapia na Fema, Beatriz ficou sabendo que estava com leucemia mielóide aguda este ano e desde então precisou ser internada na Santa Casa de Marília para iniciar o tratamento.

"Trata-se de uma doença muito agressiva e o tratamento deve ser iniciado o quanto antes, inclusive com sessões constantes de quimioterapia", enfatizou o médico do Centro de Oncologia da Santa Casa de Marília, João Victor Costardi.

Segundo o profissional, o caso sensibilizou a todos, uma vez que Beatriz de Carvalho estava prestes a se formar e iniciar a sua carreira profissional. "Seria um momento muito especial e uma mudança de vida para ela, em uma nova etapa".

Divulgação - Amigos da turma de Beatriz - Foto: Divulgação
Amigos da turma de Beatriz - Foto: Divulgação


Foi então que, ao invés de sala da saudade, os amigos de turma de Beatriz resolveram se deslocar de Assis a Marília para fazer esta visita/homenagem.

"A coordenação do curso entrou em contato com o Centro de Oncologia da Santa Casa de Marília e a autorização foi concedida imediatamente", contou Costardi.

Divulgação - A emoção tomou conta da visita à paciente da Oncologia - Foto: Divulgação
A emoção tomou conta da visita à paciente da Oncologia - Foto: Divulgação


Conforme o médico, esta força mental é muito importante para a resposta do organismo à doença. "Este aspecto emocional conta bastante e temos certeza que isso fez muito bem a ela. Pode ter certeza que, o que estiver ao nosso alcance para otimizar o tratamento da Beatriz, vamos continuar fazendo", concluiu ele.
Divulgação Santa Casa de Marília
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM