29 de Janeiro de 2023
20º/30º
Notícias - Região

Funcionários de cemitério em Cândido Mota desmentem boato de caixão que foi enterrado sem cadáver

Ainda de acordo com a equipe do cemitério, nenhuma exumação foi feita na sepultura e que a única coisa que ocorreu foi uma reforma do túmulo.

Um boato espalhado nos aplicativos de mensagens tem intrigado moradores de Cândido Mota e região na tarde desta quinta-feira, 20 de outubro.

Áudios e fotos de pessoas desconhecidas circulam questionando se o corpo de um Cabeleireiro que havia morrido de COVID-19 em março de 2021 não estaria enterrado junto com o caixão no cemitério e que durante a exumação do cadáver nada foi encontrado dentro das madeiras.

Ainda segundo os relatos, o homem teria forjado a própria morte para ir embora da cidade levando dinheiro.

Divulgação - O túmulo ficou destruído e precisou ser reformado - foto: redes sociais
O túmulo ficou destruído e precisou ser reformado - foto: redes sociais


Em contato com funcionários do cemitério, o Portal AssisCity recebeu a informação de que tudo isso não passa de uma brincadeira desrespeitosa.

"Isso é um desrespeito com a família da vítima. Nada do que está circulando é verdade, juntaram fotos que pegaram de uma exumação e de um túmulo quebrado e já espalharam toda essa mentira. Inclusive a família esteve aqui de perto assistindo o sepultamento do rapaz", destaca a funcionária do local.

Ainda de acordo com a equipe do cemitério, nenhuma exumação foi feita na sepultura e que a única coisa que ocorreu foi uma reforma do túmulo.

"A sepultura era antiga, não era de cimento, aí recentemente por conta do tempo a estrutura caiu em cima dos restos mortais e a família dos falecidos decidiu reformar o local", finaliza.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM