07 de Dezembro de 2022
20º/30º
Notícias - Região

Morador de Cândido Mota é encontrado morto logo após gravar vídeo e postar nas redes sociais

Renan Freire sempre divulgava temas ligados à depressão

Na quinta-feira, 29 de setembro, Renan Freire de 38 anos foi encontrado morto em sua casa em Cândido Mota, horas após ter gravado um vídeo e publicado em suas redes sociais, falando sobre o que estava sentindo e o porquê da gravação.

Em uma de suas falas, Renan diz que chegou sua hora de partir para outro plano: "a grande intenção que tenho em gravar esse vídeo é divulgar que a nossa ida para outro plano é séria. Por diversas vezes muitas pessoas me ajudaram, muitas desacreditaram e eis que hoje chegou o dia".

Em outra parte do vídeo, ele afirma estar sóbrio, sem nenhum efeito de droga, medicação ou bebida e estava gravando o vídeo para deixar uma última mensagem.

"Sempre levei para mim uma frase que diz: o mínimo que você pode fazer, é tudo que alguém necessita".

Segundo alguns colegas e conhecidos de Renan, ele era de São Vicente e sofria de depressão e por diversas vezes postou em suas redes sociais mensagens e vídeos sobre o assunto.

No último vídeo Renan agradece inúmeras pessoas que o ajudaram com palavras ou algo material e afirmou estar passando por momentos difíceis e não ser mais possível suportar sua situação. "Simplesmente não tenho forças, não aguento mais, estou tendo crises atrás de crises e tentando me controlar", desabafou.

Divulgação - Renan Freire sempre divulgava temas ligados à depressão - Foto: Divulgação
Renan Freire sempre divulgava temas ligados à depressão - Foto: Divulgação


Renan também pediu perdão se fez algo de errado e disse perdoar aqueles que erraram com ele e não queria mais sofrer. "Só quero descansar e não ter mais essa dor, luta e tristeza que não passa", disse.

Para finalizar, ele diz que desejaria que seu vídeo servisse de alerta a outras pessoas. "Espero que esse vídeo alcance o máximo de pessoas, para que elas se conscientizem que isso não é uma brincadeira e nem uma frescura, e sim uma realidade. Me sinto feio, me sinto a pior pessoa do mundo e encerro dizendo um bordão que carreguei desde quando entrei para as redes sociais: fiquem na paz e até mais", concluiu.

Horas depois de postar a mensagem nas redes sociais ele foi encontrado morto e informações mais precisas sobre o fato não foi divulgada.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM