18 de Setembro de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Polícia Civil de Assis investiga morte de mulher como suicídio e família acredita em homicídio

Fernanda Libório de Oliveira, de 43 anos, foi encontrada morta nas proximidades do Terminal Urbano

A Polícia Civil instaurou o inquérito para investigar a morte de Fernanda Libório de Oliveira, de 43 anos, que foi encontrada com a alça da bolsa no pescoço, no alambrado da Zona Azul, nas proximidades do Terminal Urbano, na Praça Walter Monsolelli, em Assis.

Segundo o Delegado Ricardo Fracasso, da Delegacia Seccional de Assis, a polícia aguarda o laudo da morte e o caso segue em investigação.

"De início a investigação está voltada para suicídio, mas no decorrer dos dias e com a captação de novas provas investigaremos se houve incentivo de terceiros ou até mesmo um ato de homicídio, mas para isso precisamos aguardar o laudo, que sai daqui 30 dias", explicou o Delegado.

Entenda: Polícia registra ocorrência de morte suspeita de mulher de 43 anos em Assis

Fernanda Libório de Oliveira, 43 anos
Fernanda Libório de Oliveira, 43 anos


A família de Fernanda não acredita que a mulher tirou a própria vida, e em entrevista ao Portal AssisCity contou que um amigo informou à família que ela estava sendo ameaçada em mensagens no celular.

"Nós temos certeza de que não foi suicídio, a gente não sabia que ela estava sendo ameaçada, mas aconteceu. No velório vimos os machucados no corpo dela e não era de alguém que se matou", afirmaram.

A família prestará depoimento para a polícia na tarde desta terça-feira, 14. "É muito triste, muito doloroso, temos absoluta certeza que isso foi um homicídio", finalizaram.

Fernanda Libório deixa o filho Juan de 21 anos.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM